Serenidade

Sensibilidade...

11 dezembro 2007

As pedras da calçada

(Foto de Serenidade)





Sorriem-me as pedras na calçada,
em cada serena passada.
Chovem estrelas, de um céu luminoso,
colidem, beijam, corpo harmonioso.
Ardósia, negra, onde escrevo meu fado,
se torna incandescente por tanto agrado.
A fortuna se torna luzidia,
no negrume, até rocha inerte ria,
vendo as almas divagarem,
sem antes se encontrarem.
O deparo na marítima ladeira,
trouxe onda, felicidade, à minha beira.
Sorrio aos seixos na tua passagem,
entendo-lhes o delicioso fel da linguagem.
Fado próprio, ali, delineado,
anseia o afago do amado.
Alegram-se as pedras da calçada,
resplandecem, por ti ser enlaçada.
Sorriso sereno abençoado,
por teu olhar amendoado.
Penedo negro, translúcido, brilhante,
registo do sorriso eterno, radiante,
meu, que o teu tem intuito de tocar,
não mais o ver, no alto mar, cessar.
Mas… que importam as pedras da calçada,
que piso, que pisas, amenamente?
Ocupo o castelo por elas erigido,
possuo em mim o magnífico sorriso,
enaltecido por teu fitar,
na presença do nosso (a)mar.







"Faz-te ao Mar, mesmo que sejas uma jangada de pedra à deriva!"





19 Comments:

At 10/12/07 22:51, Blogger Francieli Rebelatto said...

vejo o sorriso estampado nas entrelinhas da poesia...
Vejo paixão, vejo sentido...e em tudo isso o abrigo...
Lindo...
Beijos e uma ótima semana!!!

 
At 10/12/07 23:39, Blogger SLopes said...

O amor é sempre um excelente tema :)


Cumpts.

 
At 11/12/07 08:53, Blogger @zulebranco said...

Eis a coragem de ser, estampado em palavras simples harmoniosas e bonitas, uns chamam-lhe amor outros paixão, eu apenas me fico pelo ser....POESIA....Obrigado pela partilha desta tua forma de estar.....Um sorriso grande para ti!

 
At 11/12/07 09:43, Blogger O Profeta said...

...És pedra plantada no fim da ilha, rolada por tanta maré em afago da maresia...


Doce beijp

 
At 12/12/07 11:45, Blogger Black Rose said...

Amiga, fiquei sem palavras...

Penso que é o teu melhor poema, o mais expressivo e o mais belo...

Estou fascinado com esta partilha da tua visão da vida...

Tens de facto um talento incontestável...


PS: Até fiquei com inveja de não ter sido eu a escrever...

 
At 12/12/07 12:01, Blogger Secreta said...

Que tudo na tua vida seja sempre composto por sorrisos!
Beijito.

 
At 12/12/07 17:29, Blogger O Profeta said...

Passei para te deixar um beijinho...

 
At 12/12/07 17:58, Blogger Menina do Rio said...

Que importam as pedras? Sorrimos pra elas e seguimos...

Obrigada por tua presença lá na festa. Fiquei imensamente feliz!

Um beijo

 
At 12/12/07 20:17, Blogger su said...

Que sejam pedras pois trazem gravadas nas suas almas de eternidade todos os passos de todas as formas que por elas passaram...mesmo que as almas estejam arastadas, mesmo que os corações venham derrubados...o corpo nunca passa dali.

Um beijo grande.

 
At 12/12/07 21:13, Blogger MEU DOCE AMOR said...

Prefiro então uma jangada de Espuma Branca.

Um beijo doce:)

 
At 12/12/07 21:23, Blogger multiolhares said...

O sorriso jamais se pode perder
Ajuda a encontrar porto seguro
No nosso ser

Beijinhos
luna

 
At 12/12/07 22:22, Blogger Kapikua said...

O AMOR por ti é sempre tratado de forma maravilhosa!

Gosto da tua sensibilidade, da tua serenidade, gosto !

Beijo

 
At 13/12/07 03:26, Blogger MADRUGADA... said...

Belo texto!...

 
At 13/12/07 10:59, Blogger Secreta said...

Boas festas para ti.
Vou ausentar-me.
Beijito.

 
At 13/12/07 15:00, Blogger O Profeta said...

Convido-te a sentir a magia da minha Errante Nota

Oceano de mil contradições
Amar é uma batalha da emoção
Roubada ao sortilégio do vento
No gesto mágico de uma mão

Bom fim de semana


Doce beijo

 
At 13/12/07 15:01, Blogger O Profeta said...

Convido-te a sentir a magia da minha Errante Nota

Oceano de mil contradições
Amar é uma batalha da emoção
Roubada ao sortilégio do vento
No gesto mágico de uma mão

Bom fim de semana


Doce beijo

 
At 13/12/07 16:56, Blogger mysticdream said...

Houvesse sonhos para transformar em realidade à medida que a vida vai passando seria todo o cálice com liquido bebido sede de querer mais...


Beijos:)*

 
At 14/12/07 11:14, Blogger Professora said...

Só passei para te desejar um feliz natal e um excelente ano novo. Um beijinho

 
At 14/12/07 23:03, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

Muitos, muitos parabéns.
Este poema é lindo...
E é mais acessível na interpretação...
Não tens nós.

Talvez o melhor poema teu que já li.
Estou encantado.

Serenamente,
vou ler o outro poema

Beijinhos amigos**

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats