Serenidade

Sensibilidade...

23 fevereiro 2007

Trigo em Maresia


Ceifeira que colhe o trigo
amarelecido… toque de oiro
de um Sol que aquece o coração
a alegria que acalenta … agitação.
Ceara doirada pela cor da emoção,
mesclada com paletas de emoções,
é fogo ardente, nos dias de tórrido ensejo
presenciando loucas sensações.
Encobre o amor proibido,
camponeses enamorados
ceifeira de corações
amantes… apaixonados!
Trigo maduro, acolhedor,
dois seres em exultação
amor de tempos sem tempo
ensejos na imensidão.
Mãos que o colhem, que se acolhem,
o aconchegam em fardos,
se aconchegam em repastos,
cárceres inebriados, arrebatados.
O vento recruta os murmúrios
para paragens imemoriais
sussurros de vozes serenas
palavras intemporais.
Gaivota plana junto ao corpo
unos deleitados sobre o trigo
colhe o alimento
do mar em corrupio.
Maresia silencia
o rumor dos amantes
o trigo alimenta
almas apaixonantes.
Fecundo solo
mar bravio
almas pares
amor fugidio.

26 Comments:

At 23/2/07 00:33, Blogger lobita_azul said...

Passei só para deixar um bjs e votos de um bom fds.
A disposição não é das melhores :o(
Falta-me luz, serenidade e calma para pensar e repensar.

Um bjs azul

 
At 23/2/07 08:42, Blogger @zulebranco said...

Bom dia ,
amiga de alma singela e pura, só podem sair, poesia cristalina e sempre sentida e bem conjugada.....Obrigada pela partilha dessa emoção constante moldurada de imagens bonitas e sempre bem conjugadas.....beijo sereno como tu

 
At 23/2/07 12:48, Blogger João Cordeiro said...

Obrigado pelos doces comentários.
Gosto igualmente muito do teu blog


beijo sonhador

 
At 23/2/07 13:11, Blogger Delfim Peixoto said...

Gostei de sentir essa brisa e essas gotas de maresia
jnhs

 
At 23/2/07 15:31, Blogger Vida said...

Como sempre mais um excelente texto onde o amor impera, que seria de nós sem ele. Linda a associação, nunca tinha pensado numa seara de trigo desta forma.
Respondi-te lá na minha janela,

Beijos e bom fim de semana.

 
At 23/2/07 17:57, Blogger greentea said...

toque de oiro
de um Sol que aquece o coração
a alegria que acalenta … agitação.
....

gostei deste poema e da associação


beijinhos e bom fim de semana

 
At 23/2/07 18:21, Blogger Isabel said...

Gostei muito desta sensualidade em campos de trigo.
Gosto da mistura de alimentos trigo e amor.
Gosto da colheita de corpos entre a colheita do trigo "doirado".
Gosto do torrar do sol sobre o desejo dos camponeses sob os campos de trigo torrado.
Gosto do trigo alimentando paixões.
Gosto da fecundidade do solo, desse mar bravio, dessas almas pares em amor fugidio...

Gostei mesmo muito Carla...

Até breve,

Isabel

 
At 23/2/07 19:11, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Quando era pequenina, gostava de correr por entre as searas de trigo...
As gentes da minha terra vivem da agricultura e da pesca e por isso há muitos campos de trigos.. mais antigamente... mas hoje em dia ainda existem ;) também temos moinhos.. adoro moinhos!

1 beijo =^.^= tarina

 
At 23/2/07 19:30, Blogger MiaHari said...

Como desfiar de imagens, de musicalidade e de sentires!
Lindíssimo!
Obrigada, bom fim de semana.

 
At 23/2/07 20:26, Blogger o alquimista said...

São de trigo os teus sentires, aroma a pão, cheiro a terra tocado pelo sol de verão assim é um bonito coração...


Doce beijo

 
At 23/2/07 20:42, Blogger Luna said...

as gaivotas o universo que nos rodeia no fundo tudo isso é amor
jinhos

 
At 23/2/07 23:10, Blogger Professorinha said...

SAbes o que eu gostava de fazer quando era novinha? Correr por estre as searas... O meu avô é que não achava piada nenhuma... MAs era tão boooom...

BEijinhos

 
At 23/2/07 23:40, Blogger Papoila said...

Ola, passei para agradecer as tuas visitas no meu cantinho e deixar-te um doce beijinho, embrulhado numa folhinha de Artemisia perfumada para os teus sonhos encantados,
Papoila Sonhadora,

 
At 24/2/07 01:28, Blogger elsa nyny said...

Linda!!!

Sinto a brisa no meu rosto...que me acalma...acalma e depois parte...

Beijinhos!

 
At 24/2/07 01:58, Blogger poca said...

acho que é o amaral que tem esta mesma música no blog.. gosto.
já as ceifeiras ui uia no tempo delas deviam ser fonte de inspiração para muita gente..
a ver pelas canções que se lhes fizeram..
ceifeiraaa

 
At 24/2/07 07:40, Blogger Nelson Ngungu Rossano said...

Gostei muito!

:)

Beijo e bom fds

 
At 24/2/07 11:40, Blogger Isabel José António said...

Cara Amiga Serenidade,

Deixa que naveguem os barcos
Nesse mar de trigo loiro, loiro
Nem são muitos nem são parcos
São apenas pepitas de oiro

Oiro trnsformado pela alquimia
De um olhar sempre terno sedutor
De uma alma nova sempre em vigia
À procura de um fio condutor

E nesse olhar sempre vigilante
Sempre atento a cada momento
Prepassa a brisa saltitante
Que se quer transformar em vento

Um grande abraço

Bom fim de semana

José António

 
At 24/2/07 12:51, Blogger pitanga said...

Ai, quem dera hoje esse céu azul!!!

beijos

 
At 24/2/07 14:58, Blogger IsaMar said...

Belas palavras uma vez mais...

Bela paisagem...
Belo toque....bela suavidade com que escreves este poema.
Bela imagem de tempos em que os enamorados se conheciam nos bailes das desfolhadas...amores proibidos e tão apetecidos...
Ondas que passam...ma sque não se esquecem...

beijinhos e bom fim de semana

 
At 24/2/07 16:14, Blogger Nokinhas said...

Passei para deixar um beijinho e desejar um optimo fim de semana...

Beijinho grande e fica bem!

 
At 24/2/07 21:03, Anonymous Jofre Alves said...

Carla: venho apreciar o blogue, fotografia e poesia, e encontro aqui sempre um toque que aquece o meu coração: o do bom-gosto e da sensibilidade. Óptimo fim-de-semana.

 
At 24/2/07 21:34, Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá Serenidade!

Belo poema feito de espigas de trigo doiradas.Doiradas pelo sol de Verão... quente, abrasador...
Como abrasadores são os Amores de Verão...
Talvez até sejam camponeses...
Os amantes que se escondem no campo de trigo doirado...

Lindo mesmo, adorei!
Fez-me recuar vinte e muitos anos anos no tempo...

Beijinho soprado

 
At 24/2/07 22:09, Blogger Pepe Luigi said...

Obrigado pelos teus comentários.
Adorei o teu espaço o qual passarei a visitar.

Um beijinho
do Pepe.

 
At 24/2/07 22:32, Blogger david santos said...

Olá!
Brilhante, querida amiga, brilhante.
Parabésn

 
At 24/2/07 23:06, Blogger Diário aberto said...

eu sei que sou repetitiva mas...simplesmente liiiiiiiiiindo!
eu leio o que tu escreves e fico sem palavras,ou melhor, só me sai liiiiiiiiiindo! as tuas palavras sao de uma beleza tao profunda!
continua a presentear-nos com tua beleza!

 
At 25/2/07 15:32, Anonymous Mel said...

Querida Carla,
Estes camposa ondulam ao sabor do que te voga o coração.

Bjs doces de Mel

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats