Serenidade

Sensibilidade...

15 fevereiro 2007

Nada ser...


Repensa na existência vã
no dia a dia sem sentido
no desejo de ouvir por ti,
um nada proferido.
O dia e a noite se fundem
e confundem a duração
da claridade e da escuridão
num desventurado coração.
A flor de lótus fecha
em plena luz do dia
a alma se flagela
seria pela sua agonia?!
A passiflora murcha
tomba sem dar o fruto
uma paixão atribulada
no silêncio o tumulto.
Vénus sai de órbita
com tamanha amargura
dois seres separados
é uma senda futura!
Vivendo a arte da solidão
trepa a árvore da tentação
para colher o alento
o fruto da reconciliação.
Reconciliação requerida
consigo, é o mais premente
encontrar-se na vida
antes que mais a atormente.
Dor, angústia, sofrimento
solidão e amargura
açoita-se sem dar conta
é algo que perdura.
Vê luz no fim do túnel
até lá muito pesar
em cada aurora a energia
para rápido a alcançar.

19 Comments:

At 15/2/07 00:40, Blogger João Cordeiro said...

Será possível que te fizesse chorar?
Reconheces-te certamente que é uma história real...
Gostei e sensibilizou-me bastante o teu comentário.
Obrigado
Penso que deves ler o livro, todo.
Bjo

 
At 15/2/07 08:27, Blogger @zulebranco said...

Bom dia Carla amiga, sempre serena, um pouco triste e com todo o sentir à flor da pele, venús, amargura, dor, solidão, palavras reflexos de alma, reconciliação.....como mereces muito mais....sonhar e viver.
A escrita é um dom inerente a ti, e eu continuo sendo um priveligiado por te poder ler.....
Um sorriso grande para ti

 
At 15/2/07 09:46, Anonymous Paula e Rui Lima said...

Olá!

Se gostas de cinema vem visitar-nos em

www.paixoesedesejos.blogspot.com

todos os dias falamos de um filme diferente

Paula e Rui Lima

 
At 15/2/07 11:01, Blogger JPAnunciação said...

"é o mais premente
encontrar-se na vida"
Essa reconciliação, esse reencontro connosco e com o outro, para ver a "luz no fim do túnel.
Serenamente vais desbravando a floresta densa.
Um beijo

 
At 15/2/07 15:39, Blogger Plum said...

Temos de seguir sempre a luz ao fim do túnel, porque ela está sempre lá!Não perder a esperança!Abraços cheios de magia!*

 
At 15/2/07 16:11, Blogger Om-Lumen said...

Nada ter para tudo ser...

É sempre sereno o momento que a vida preenche com a melodia do silêncio...

OM-Lumen

 
At 15/2/07 16:11, Blogger Om-Lumen said...

Bela escolha musical :-)

OM-Lumen

 
At 15/2/07 19:40, Blogger }}cleopatra{{ said...

Olá serenidade!

"... em cada aurora a energia
para rápido a alcançar."

Todos os dias precisamos dessa energia...
Todos os dias precisamos de ver e sentir o sol brilhar...
Nem que seja só de o imaginar...

Sempre tão serenos os teus poemas, e cheios de sentimento.É um prazer vir ler-te!

Beijinho soprado

 
At 15/2/07 21:29, Blogger Luna said...

Nem sei o que te diga, ultimamente estas imparavel, estão deliciosamente lindos os teus poemas

 
At 15/2/07 23:10, Blogger o alquimista said...

Na beleza dos teus sentires dancei com as tuas palavras uma valsa sem tempo...uma terna sinfonia na ternura do mundo...


Doce beijo

 
At 16/2/07 12:26, Blogger IsaMar said...

Belas palavras...belo poema...
A nossa existencia só tem mais sentido se construirmos algo...
Se lutarmos por algo....se modificarmos o nosso dia a dia...se entregarmo-nos á Vida...

Nós somos aquilo que construimos...
Agarra-te a vida...e Sé sempre tu propria...

Tens uma beleza emorme...

beijinhos

 
At 16/2/07 16:11, Blogger poca said...

flor de lótus.. quro ser..

 
At 16/2/07 16:11, Blogger poca said...

*quero

 
At 16/2/07 17:09, Blogger Nelson Ngungu Rossano said...

Bonito poema - palavras encantadas, sentimentos expressos -é poesia...

beijo

 
At 16/2/07 19:21, Anonymous sereia said...

Bela história e tb bela musica.
Tem um bom fim de semana
Beijo
Sereia

 
At 16/2/07 20:50, Blogger Ghandy said...

Para não pensares que te abandonei.
fica um bjs
bom fds e bom Carnaval...

 
At 16/2/07 22:06, Blogger Professorinha said...

O que interessa é que haja reconciliação!

Beijinhos

 
At 18/2/07 09:58, Anonymous Mel said...

Ja(sinto), repensando, a palavra dançando nesta manhã de domingo...

Andar por aqui, ler um a um os teus poemas, é sem dúvida muito gratificante.

Bjs minha linda Serenidade ...

 
At 24/2/07 22:09, Blogger Diário aberto said...

simplesmente liiiiiiiiiiiiindo!

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats