Serenidade

Sensibilidade...

27 janeiro 2007

Silêncio...


Do silêncio ausento-me
para não me encontrar
abalo o sentimento
sem o averiguar.

Sem palavras encontro
no lado esquerdo do sentir
o significado do silêncio …
é vê-lo a sorrir…

Na arte do silêncio
te encontro e te deixo
envolto, enlaçado,
no meu sentir um desleixo.

Sem palavras … com clamor
te digo sem proferir
no silêncio se faz o eco
do que é o meu sentir.

As palavras silenciadas
reveladas no semblante
são o sofrer reprimido
e deveras confiante.

Do silêncio se faz a voz
da mais profunda comunhão
entre a voz da ilusão,
e o grito do coração.

No silêncio adormeço
com tua voz silenciada
no meu rosto o sopro
da maresia abençoada.

14 Comments:

At 27/1/07 04:31, Blogger Bruxinhachellot said...

No silêncio mais profundo podemos encontrar a voz que nos fará cantar.
No silêncio escutamos nossa própria voz, a voz da alma.

Beijos de brisa.

 
At 27/1/07 04:58, Blogger JPAnunciação said...

Muito agradável este silêncio que deixa falar o coração, exalando o cheiro "da maresia abençoada".
Falta-nos muitas vezes este compasso de paz.

 
At 27/1/07 11:50, Blogger * Ju * said...

:') :') :')
Fizeste-me chorar... :')
e sim, tu presenteaste-me, mesmo sem saberes, e isso torna tudo especial... acertaste no dia, mesmo sem saber e estas é que são aquelas pequenas coisas que dão sentido à vida... :)

obrigada, por tudo... e espero também que o encontro seja para breve... tenho saudades das conversas, das brincadeiras... e do que temos a "combinar" ;)

beiju muuuuuuuuuuito grande, e obrigada por tudo...

******

 
At 27/1/07 11:53, Blogger Ghandy said...

O Silêncio é bom - é um refúgio dos fracos e uma sabedoria dos fortes...
Do melhor que já te vi escrever
Continua assim
Bjs e Bom fim de semana

 
At 27/1/07 15:00, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

"Do silêncio se faz a voz
da mais profunda comunhão
entre a voz da ilusão,
e o grito do coração."

Simplesmente belo...
Simplesmente mágico!

Um bom fds para todos!

=^.^= tarina

 
At 27/1/07 18:12, Blogger Professora said...

serenidade quantas vezes procuramos no silencio da noite as palavras certas para a luz do dia.
Este poema é lindo.
Parabens pelo blo.
Beijos Joaquinajacinto

 
At 27/1/07 19:40, Blogger Nokinhas said...

Bem... Não tenho palavras... a sério... este teu poema está muito bem escrito... belíssimo...
É no silêncio que me refugio para escutar a voz do meu coração... para organizar os meus pensamentos ... as minhas ideias...

Beijinho grande e parabens por este magnifico poema...

 
At 27/1/07 21:07, Blogger O Lobo said...

Está pura e simplesmente lindo este teu poema...

Nem poderei comentar algo assim, fico-me por um silêncio de quem espera novas palavras tão bem escolhidas num próximo post teu...

Se quiseres visita-me em http://o-verbo.blogspot.com

 
At 27/1/07 22:08, Blogger _lara_ said...

Olá!

"
Do silêncio se faz a voz
da mais profunda comunhão
entre a voz da ilusão,
e o grito do coração.
"

Gosto especialmente desta parte...
Tá muito bonito mesmo..foste tu que escreveste?...

Porque é sobre assuntos do coração que mais palavras surgem..
Porque as melhores conversas que podemos ter são em silêncio..



um beijinho***


(p.s. Gosto particularmente da foto...ta mto boa mm ,,mas em relação a fotografia sou suspeita..heheheh....)

*********

 
At 27/1/07 23:55, Blogger Dagarman said...

Bonito! Gostei da tua serenidade.

 
At 28/1/07 00:14, Blogger elsa nyny said...

Olá Linda!!

Adorei este entrelaçado de sil~encio e serenidade!
Fez-me bem á alma! Acredita!!!


Beijinhos!!!

:))

 
At 28/1/07 00:25, Blogger MiaHari said...

Bonito! Lindo mesmo!
Também para mim, é um prazer passar por aqui!
Beijinho.

 
At 28/1/07 11:55, Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! said...

O silencio diz mais que mil palavras... lindo...
bjs

 
At 28/1/07 19:22, Blogger Professorinha said...

Sabias que o verdadeiro silêncio não existe? Mas isso não quer dizer que não te deixes embalar...

Beijinhos

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Free counter and web stats