Serenidade

Sensibilidade...

03 fevereiro 2007

Neve em lava ardente...


Choro-te...
Lacrimejo o que de mim não pode ser de ti!
Água doce e salgada,
de carinhos e de tormentas.
Carinhos teus não sentidos,
tormentos meus sem sentido.
Derramo…
o pranto do lado esquerdo do meu sentir
que... sem ti...
a lava vermelha ardente…
é fria, castanha, empedernida.
Caem do meu rosto…
folhas num Outono castanho avermelhado,
cansadas de viagens esquivas,
divagações perdidas.
São flocos de neve cândida
que caem do céu …
início no meu semblante,
desfazem-se antes do solo tocar
pois a ti te querem falar.
São gotas do orvalho Primaveril,
adornando a flora,
acolhendo os raios de Sol,
reflectindo desgostos mil.
É chuva de cintilantes lanças…
que descem do céu,
penetram-me,
dilaceram-me,
desfazem-me em pedaços,
ansiosos por serem acolhidos…
por ti… em ti… e…
unos,
doce água salgada
brotará de ti e de mim,
de alegria extasiante,
ilusão incontida,
sonho … sufocado …
choro que sai,
sem querer voltar a ser fel,
antes lava ardente,
quente e refulgente…

13 Comments:

At 3/2/07 01:14, Anonymous Jofre Alves said...

Nesta noite, já sendo sábado, vim aqui novamente para apreciar o poema, quente e refulgente. Boa noite!

 
At 3/2/07 09:16, Blogger wolfhunter said...

Serenidade,

As Palavras neste teu belo texto,
Refletem o calor...
De um Amor sentido...

O nao fazer..., o nao agir..., nao implica, nao significa o o Imobilismo...,

Mas, Fazer apenas... aquilo que está de acordo com o nosso sentir interior..., em vez de Fazer aquilo que se sintoniza com a nossa imagem no mundo exterior...

é o Ser, em vez do Ter...

Tal como tu, tao bem expressas, neste teu bonito texto...


Um Bom Fim de Semana

Um Bj sereno...

W.

 
At 3/2/07 10:20, Blogger Bruxinhachellot said...

Esta poesia é pura lava incandescente.

Beijos de Lua.

 
At 3/2/07 10:48, Blogger * Ju * said...

tava a falar do pimpolho que deu notícias ontem :) toda a gente queria matar a curiosidade sobre o sexo do bebé, e pronto já ta! ta a azul e tudo :)

parece que tenho de rEformular o post, só que como não queria entrar em muitos pormenores, ficou assim... sorry :s

beiju grande linda, e obrigada pela paisagem***

 
At 3/2/07 16:53, Blogger MiguelGomes said...

Fica bem,
Miguel

 
At 3/2/07 20:49, Blogger Lindona said...

Bonito texto.

 
At 3/2/07 22:54, Blogger david santos said...

Olá!
O texto é espectacular e a imagem assenta-lhe que nem uma luva.
Parabéns

 
At 4/2/07 00:06, Blogger Chama Violeta said...

Sinto-me bem aqui!!! Cada poesia condiz com o que sinto no momento,são escritas para mim?
Beijinhos amiga,bom domingo para ti!!!Muita luz em suas palavras!

 
At 4/2/07 12:33, Blogger o alquimista said...

E a lenda acontece. Em cada noite na Baía do Silêncio queda-se o céu na noite sombria, solta-se o sonho a fantasia...
Luminoso domingo...

Doce e terno beijo

 
At 4/2/07 15:11, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Bonitas palavras...
Com tanto sentimento..
Tanta força...

Um beijinho da =^.^= tarina para a luz serena

 
At 4/2/07 18:17, Blogger Kalinka said...

É sempre bom e agradável sentir o perfume da tua presença.
Realmente esta amizade virtual também tem os seus méritos!
São amigos desinteressados cuja empatia nasce pela sintonia do que escrevemos e transmitimos uns aos outros.
Regressamos porque nos sentimos bem e confortáveis nos vários cantinhos que visitamos.
Por isso eu digo.
P R E S E N T E ! ! !

Beijokas.
Bom domingo.

 
At 4/2/07 19:53, Blogger Fernanda said...

Sim... o gelo se desfaz com o calor do AMOR.

Bjs

 
At 5/2/07 22:15, Anonymous Mel said...

Quando a chuva passar,
o sol voltará de novo a brilhar
no anil do Céu ....
Que a chuva passada
limpará do chão a negra pegada,
te dará a beleza
de uma manhã, ardente,
ensolarada...


Bjs amiga ....

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats