Serenidade

Sensibilidade...

29 novembro 2006

Nada quero...sem Ti!


Queria deixar minh’alma
divagar pelo Universo
e em Ti repousar.
Queria ser rio, mar, lago, lagoa…
neste cosmos errante me perder
e em Ti me encontrar.
Queria ser vento
tosco … suave …
embater em Ti
e ficar por aí.
Queria ser arco-íris
pintar o céu de todas as cores
o meu tesouro encontrar –Tu,
e em Ti me caiar.
Queria ser melodia…
a cadência dos meus sons
trespassarem-te
e em Ti perdurar.
Queria ser tudo
e nada sou.
Uma alma farta...
de sonhos, ilusões e contradições,
a deambular sem rumo…
… sem Ti!

19 Comments:

At 29/11/06 09:49, Blogger Desassossego said...

O caminho que te leva chegará e assim em frente encontrarás o que procuras...e serás tu, em ti...com o outro.

beijo doce.

 
At 29/11/06 10:28, Blogger Clife said...

Um Alguém que te preenche... assim tão intensamente, não poderá ser mera gente, mas sim um principe certamente.

beijinhos,
Clife

 
At 29/11/06 13:11, Blogger Carraça said...

O AMOR... adoro a forma como exprimes o amor... é lindoooooo!
Bjos

 
At 29/11/06 14:32, Blogger MiguelGomes said...

Olá "Serenidade", de facto, compreendo o que escreveste (comentário no meu blog), mas longe de mim estar a escrever em metáfora aquilo que sei ser verdadeiro... Deixa-me explicar melhor, as minhas histórias são ficções, começam de uma forma imprevisível e terminam de forma igualmente imprevisível... Por vezes têm lógica, mas na maioria, são apenas ilusões, ficções, sonhos ou outra coisa qualquer... Não me tento exprimir pelo que escrevo :) Apenas gosto de escrever e c'est ça :)

Fica bem,
Miguel

Tudo conseguimos, desde que isso seja o melhor para nós mesmos... Ou como dizia Agostinho da Silva, "não faças planos para a vida, para não estragares os planos que a vida tem para ti" :)

 
At 29/11/06 14:34, Blogger Alequites said...

Que lindo!

Poxa! tem uma frase que é a minha cara: "Uma alma farta...
de sonhos, ilusões e contradições,
a deambular sem rumo…"

Namastê!

 
At 29/11/06 15:04, Anonymous Mel said...

Não resisto, Serenidade ...

O teu poema (lindo, sentido), remeteu-me para um que eu escrevi... não o encontrei, encontrei este ...

http://blog.comunidades.net/magiademel/index.php?op=arquivo&pagina=6&mmes=10&anon=2006

Deixo-to...

Sem palavras, beijos doces de Mel, amiga!

 
At 29/11/06 15:04, Anonymous Mel said...

Não resisto, Serenidade ...

O teu poema (lindo, sentido), remeteu-me para um que eu escrevi... não o encontrei, encontrei este ...

http://blog.comunidades.net/magiademel/index.php?op=arquivo&pagina=6&mmes=10&anon=2006

Deixo-to...

Sem palavras, beijos doces de Mel, amiga!

 
At 29/11/06 18:12, Blogger Unicus said...

Profundo e belo..
Bjs

 
At 30/11/06 00:09, Blogger efvilha said...

Nosso canto se assemelha, pois que tudo é busca sem fim.
Tudo é vago, distante, fugidio como o vento que apenas nos toca, e vai.
Somos nômades, por isso os tantos desencontros.
Cordial abraço.

 
At 30/11/06 18:21, Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! said...

Nós podemos ser tudo essa capacidade esta dentro de nós, não naquilo que os outros são para nós.. bjinhos

 
At 30/11/06 18:37, Blogger dark_angel said...

oi serenidade,um obrigado sentido pela visita e plas palavras...
estive aqui e li coisas lindas,formas de expressao que me tocaram...por vezes e estranho, este nosso identificar nas palavras de outro alguem! esta muito bom,adorei a tua escrita...
sorrisos que choram...

 
At 30/11/06 19:10, Blogger saturno said...

Depois de tantos comentários só me resta dizer que está...LINDO!!!
Este cantinho está melhor a cada dia que passa.

Beijinhos!!

 
At 30/11/06 23:15, Blogger Filipe said...

Mas é uma alma cheia de sonhos e também de vontade!
Assim, com um bocadinho de trabalho e esforço, os sonhos podem-se tornar realidade!

É espantosa a maneira como usa as palavras! Até parecem que ganham outro sentido!

Bjs, bom feriado!

 
At 1/12/06 00:12, Blogger José Manuel Dias said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At 1/12/06 00:12, Blogger José Manuel Dias said...

Sincronicidade perfeita.
Abraço

 
At 1/12/06 00:12, Blogger José Manuel Dias said...

Sincronicidade perfeita.
Abraço

 
At 1/12/06 10:30, Anonymous ghandy said...

"Muitas vezes, a alma parece-me apenas uma simples respiração do corpo"...
E nesse aspecto tu respiras de uma maneira muito especial e mto bonita.
bjs

 
At 1/12/06 23:50, Blogger @zulebranco said...

Carla, muito lindo, muita alma e sentimento....dos melhores poemas que te li..... beijo grande

 
At 27/4/07 18:45, Blogger saturno said...

Olá querida serenidade!!!

Esta amiga desnaturada resolveu aparecer...lol!!
Ultimamente não tem sido fácil vir cá...o tempo voa.
Vejo que este cantinho é cada vez mais concorrido e está sempre magnífico. É fantástica a facilidade que tem em escrever versos tão lindos...adorei:):):)

Beijos com saudade!!!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Free counter and web stats