Serenidade

Sensibilidade...

19 novembro 2006

Vá láaa...diz-me... orienta-me!!!


Sei que estás ao meu lado, mas…
Onde estás?
Vem até mim!
Diz que estás sempre cá dentro…
ou ao meu lado, tanto faz!
Que apenas os dias enublados
pelas sombras da ilusão e contradição,
te encobrem!
Diz-me que precisas que te deixe sair!
Qual centeio no celeiro
à espera de ser espalhado na terra e
assim mostrar seu vigor!
Qual azeitona na oliveira,
que se transformará num requintado azeite!
Diz que estás aí!
Que tens tudo o que preciso!
Que temos tudo para nosso bem!
Preciso que te expresses,
Urgentemente.
Preciso que me orientes
É premente ……
...que me guies!

10 Comments:

At 19/11/06 11:57, Blogger Ghandy said...

Se queres que te guiem, é preciso que saibas em que direcção queres que te guiem e teres a profunda convicção disso...
fica bem
Bjs

 
At 19/11/06 13:42, Blogger o alquimista said...

Tens toque de magia sem varinha de condão, o teu coração cobre tudo numa perfeita iluzão...

Doce e terno beijo

 
At 19/11/06 14:34, Blogger Professorinha said...

Fecha os olhos e segue em frente, sem medo :) Sê a tua própria guia.

Beijos

 
At 19/11/06 18:17, Anonymous Mel said...

Existem momentos em que desejamos encontrar no eco, que seja, um farol, uma guia ...
E exitem momentos em que apenas a solidão responde e cobra ...
Que a Luz da alvorada nesse mar grandioso te envolva e te traga a Paz ... que as tuas palavras são o registo de uma belíssima Alma!
Um beijo de Mel (AVeneziana)
Boa Semana!

 
At 19/11/06 21:30, Blogger MiaHari said...

Quando queremos que nos guiem, sabemos qual o caminho que gostaríamos de seguir, mesmo que esse caminho não se nos apresente como bem definido. Logo aí, nós já estamos sendo guiados, já estamos seguindo em alguma direcção...
E ao querermos que nos guiem, já estamos dando grande prova de confiança e Fé.
Lindo este seu post, como lindo é todo o blog.

Beijinho, serenidade.

 
At 19/11/06 22:24, Blogger Luna said...

Escuta o teu coração deixa-te embalar dos seus acordes, que essa musica te vai levar ao teu caminho
beijos

 
At 19/11/06 22:42, Blogger @zulebranco said...

Querida amiga, mais uma vez temos poesia, e de muito bom gosto, sentida e com recados internos e externos.....querer dizer presente e sentir a presença, é uma necessidade imperiosa, que nos faz prosseguir no nosso caminho......escuta sempre esse teu maravilhoso interior onde se vê bem a tua presença, e o teu caminho te guiará onde queres.......pela minha parte sempre que precisares dir-te-ei presente......um beijo sereno e um grande obrigado

 
At 20/11/06 00:29, Blogger MiaHari said...

Aqui estou de novo, serenidade.
Sabes, é preciso mesmo serenidade, imagina, por exemplo, que estás em viagem, que o percurso é longo, e que o nevoeiro te dificultou por completo, ao ponto de teres que parar... e tu paras, não tens outro remédio, mesmo que a paragem seja perigosa! Depois, o nevoeiro começa a levantar e a tua viagem prossegue, com toda a cautela, para que possas chegar sã e salva ao teu destino, essa a prioridade! No dia seguinte, o nevoeiro já levantou completamente e tu tens maior visibilidade para escolher mais rapidamente ou circular em moldes normais.
Desculpa serenidade o meu atrevimento se me pus aqui a divagar, só que, o que escreveste é tão bonito e cheio de significado que eu não consegui deixar de comentar assim...
Beijinho para ti.

 
At 20/11/06 09:26, Blogger IsaMar said...

Olá...
Nós precisamos sempre que alguem nos acarinhe...
Precisamos sempre "daquela" palavra...da presença de quem gostamos para sentirmo-nos mais confortaveis..mais confiantes...
Muitas vezes basta isso...para tudo voltar ao normal.
Na sua ausencia muitas vezes sentimo-nos perdidos, desorientados, pequeninos no meio de uma multidão..no meio do oceano. Impotentes.
Mas o mais importante é confiares em ti, na tua auto-estima e teres consciencia daquilo que queres na tua vida. A convicção das nossas atitudes e sentimentos é muito importante para enfrentarmos o nosso caminho, a nossa aprendizagem.
Dentro de ti..está a resposta para a tua rientação pessoal.
Força e coragem.

beijinhos madeirenses

 
At 23/11/06 23:05, Blogger EROS said...

Como eu senti o teu escrever... como eu posso afirmar compreender-te... não sei se o que escreves são apenas magnificas divagações poéticas ou se, pelo contrário, se dirigem a algo tão maior como é o amor...
Sofri aqui... sorri aqui... compreendi-te...
Um beijo com carinho e até breve.

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Free counter and web stats