Serenidade

Sensibilidade...

06 abril 2011

Inquietação


(Foto de Serenidade)

Apertas o peito com espartilhos,

pergunto-me porque aportas tão de mansinho!

Inibes que a livre circulação suceda,

deslizante como uma bonita seda!

Aceleras a circulação que percorre minhas veias,

porque não tiras de mim, umas férias?!

Acarretas ao lado esquerdo um esforço incomensurável,

transmites-me um sufoco miserável.

Porque voltaste a ancorar em mim

quando já te via ao longe, num túnel sem fim?!

Explica-me porque aportaste neste porto inseguro?!

Que receio escondes nesta escuridão sem fundo?!

Hoje o Sol é bem visível à minha escassa visão,

porque não a vê o meu pobre coração?!

Que da vida quer Felicidade,

não esta enorme ansiedade!

Não vislumbro razão para a tua existência,

a não ser a semente que não germina… preciso da tua essência!


A primeira grande virtude de quem busca o caminho espiritual: CORAGEM.

Paulo Coelho in As Valquírias


8 Comments:

At 6/4/11 11:57, Blogger gaivota said...

e que coragem! é mesmo o que temos de buscar cada dia...
lindo post e foto
(paulo coelho é assim!)
beijinhos

 
At 6/4/11 12:16, Blogger @zulebranco said...

Há muito tempo que por aqui não passo, continuas a escrever bem, vejo nas tuas palavras emoção tristeza e até um pouco de solidão, ....a beleza e a alma existem é um Dom muito teu, ...Sorriso grande
PS recomendo que ouças com atenção o album Explod dos GIFT.... Sorriso grande e rasgado

 
At 6/4/11 15:47, Blogger @zulebranco said...

Não resisti e envio-te uma das letras
Primavera
The Gift
Sábado à noite não sou tão só
Somente só
A sós contigo assim
E sei dos teus erros
Os meus e os teus
Os teus e os meus amores que não conheci

Parasse a vida
Um passo atrás
Quis-me capaz
Dos erros renascer em ti

E se inventado, o teu sorriso for
Fui inventor
Criei o paraíso assim

Algo me diz que há mais amor aqui
Lá fora só menti
Eu já fui de cool por aí
Somente só, só minto só

Hei-de te amar, ou então hei-de chorar por ti
Mesmo assim, quero ver te sorrir...
E se perder vou tentar esquecer-me de vez, conto até três
Se quiser ser feliz...

Sorriso grande

 
At 6/4/11 18:34, Blogger Serenidade said...

Gaivota,

é, sem dúvida, preciso muita coragem, até porque é um caminho desconhecido onde batemos muitas vezes com a cabeça na parede, mas também um percurso onde podemos contemplar o cheiro das rosas...

Serenos sorrisos

 
At 6/4/11 18:40, Blogger Serenidade said...

Azulebranco,

em primeiro lugar quero dizer que fico muito feliz por teres voltado ao meu/nosso blog, e por me teres comentado!

Em segundo lugar, quero manifestar aqui, o meu, e também teu, contentamento porque somos CAMPÕES e na LUZ! :)

Em terceiro lugar, muito obrigada pela letra da música, vou ouvi-la com mais calma e, posteriormente, manifesto-me, para já posso dizer que a letra tem conteudos muito significativos :)

O teu blog não está activo, pois não? Não consigo ter acesso...

Serenos sorrisos.

 
At 7/4/11 11:48, Blogger @zulebranco said...

o blog encerrou fechei-o sem possibilidade de retorno sabes como é o lixo é lixo eheheh...
Sorriso grande

 
At 7/4/11 11:49, Blogger @zulebranco said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 17/4/11 20:49, Anonymous isaMar said...

É uma grande verdade. É preciso muita Coragem nesta Vida.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats