Serenidade

Sensibilidade...

01 março 2011

Falta-me!




(Foto de Serenidade)






Falta-me o sabor da corrente,
como uma gigantesca onda que nos aparece de frente,
que açoita o corpo e alimenta a alma
que nos faz arrepiar de prazer, na agitada calma.
Quero saborear a água salgada que corre em mim,
permitir-lhes deslizar pelas vagas em frenesim,
percorrerem os sulcos do tempo que se inculcam,
perderem-se nos pecadores recantos que saúdam.
Falta-me!


""Gasta-te, e permanecerás novo." ... o que quis dizer é... deite cá para fora tudo o que está a sentir e irá renovar-se."
in O Aleph de Paulo Coelho

6 Comments:

At 1/3/11 10:26, Blogger gaivota said...

também me falta... a água salgada por ali, ao sabor da corrente que me vai levando...
lindo poema, carla
beijinhos

 
At 1/3/11 12:02, Blogger Serenidade said...

Obrigada Gaivota,

a corrente leva-nos sem que consigamos tomar as rédeas da nossa própria vida.

Serenos sorrisos

 
At 15/3/11 20:50, Blogger IsaMar said...

Carla estou a ler este livro para uma formação sobre Coaching no desenvolvimento pessoal "O melhor ano da tua vida" de Debbie Ford. Fala-nos das nossas crenças, valores, da busca do nosso ser, bem estar, dos nossos objectivos...
Ter a lucidez de que algo não corre bem...é um começo para algo se transformar.
até agora transmitiu-me uma mensagem
"Não fiquemos á espera que algo aconteça"

Força

 
At 15/3/11 20:50, Blogger IsaMar said...

Carla estou a ler este livro para uma formação sobre Coaching no desenvolvimento pessoal "O melhor ano da tua vida" de Debbie Ford. Fala-nos das nossas crenças, valores, da busca do nosso ser, bem estar, dos nossos objectivos...
Ter a lucidez de que algo não corre bem...é um começo para algo se transformar.
até agora transmitiu-me uma mensagem
"Não fiquemos á espera que algo aconteça"

Força

 
At 15/3/11 22:20, Blogger Serenidade said...

Querida amiga,

nem sempre podemos "correr" para aquilo que julgamos nos faltar! Nem tudo depende única e exclusivamente de nós! E, por vezes, o que pensamos que nos falta aparece em quem não queremos que surja!

Serenos sorrisos

 
At 16/3/11 21:45, Blogger IsaMar said...

é bem verdade o que dizes..nem sempre as coisas dependem de nós...quando isso acontece..temos de aceitar e ter esperança.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats