Serenidade

Sensibilidade...

04 março 2011

Visibilidade


(Foto de Serenidade)


Que a escassa visão que me permite ver o visível,
saborear na plenitude o indefinível,
sentir o cheiro de uma rosa, sem a cheirar,
ouvir o som do oceano sem na sua presença estar,
se perpetue na minha existência,
não tenha de consentir a sua ausência.
Que a neblina que se faz sentir se transfigure
num belíssimo quadro no qual uma paleta multicolor se misture
mostrando um magnifico arco-íris
sobrepondo um cintilante íris.



"O livre-arbítrio exige uma responsabilidade imensa, dá trabalho e traz angústia e sofrimento."
in A Bruxa de Portobello

2 Comments:

At 15/3/11 20:44, Blogger IsaMar said...

Seria muito importante para nós próprios nunca perder a visão, a essencia da vida, aquilo que realmente é importante. Uma nuvem, um sorriso, o som do rio, a sua água cristalina, a nossa inteira serenidade interior...

beijos serenos

 
At 15/3/11 20:44, Blogger IsaMar said...

Seria muito importante para nós próprios nunca perder a visão, a essencia da vida, aquilo que realmente é importante. Uma nuvem, um sorriso, o som do rio, a sua água cristalina, a nossa inteira serenidade interior...

beijos serenos

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats