Serenidade

Sensibilidade...

06 junho 2008

Caixinha de música

(Foto de Serenidade)





Guardo na minha caixinha de música,
as lembranças de um tempo sem tempo,
onde a memória perde o fio à meada,
onde a lembrança omite que o hoje foi semeado.
Guardo no meu coração as emoções,
de que tenho recordação,
a alegria sentida, a tristeza reprimida.
No sorriso que te dou,
abrigo a eloquência do meu coração,
que se abriu e rápido te amou.
Nas lágrimas caladas, silencio a dor da ilusão,
cuja expectativa incitou decepção,
e a água fluida feroz escorregou.
Silencio a voz que sai trémula,
arquivo-a no armário perto da janela,
na intenção de captar a luz embriagante,
e ressurgir deveras dialogante.
Enriqueço a minha árida recordação,
alimento-a com mais singela e cintilante emoção,
os momentos de glória,
que me estão na memória,
teus olhos amendoados que me acariciam,
as gargalhadas melodiosas que felicitam,
teu toque meigamente abençoado,
por mim, assombrosamente amado,
neste escasso tempo sem tempo de duração,
aprisionado no meu atribulado coração.
Guardo as tristezas partilhadas,
os instantes de angústia aprisionadas,
o Amor que gera Amor no seio do temor,
o desprendimento da ilusão acatado com ardor.
Abrigo a minha caixinha de música,
entre os lençóis que nos agasalham,
ofereço-te a melodia por ela declarada,
repleta de afeição por ti encarcerada.





"A cada ano que vivo, mais me convenço de que desperdiçar a vida é todo o amor que não demos, os poderes que não usámos, a prudência egoísta que nos impede de arriscar e que, fugindo à dor, nos impede também de alcançar a felicidade."
Mary Cholmondeley

16 Comments:

At 6/6/08 11:23, Blogger mjf said...

Olá!
Inteiramente de acordo : "desperdiçar a vida é todo o amor que não demos, os poderes que não usámos, a prudência egoísta que nos impede de arriscar e que, fugindo à dor, nos impede ....


Beijocas
Bom fim de semana

 
At 6/6/08 13:27, Blogger poetaeusou . . . said...

*
em nome da rosa
musicais da memória
ilusão . . . glória …
de ária sonante
melodia cantante
sonata ao vivo
glamour sentido
na rosa, formosa
,
rosadas conchinhas
,
*

 
At 6/6/08 15:57, Blogger Black Rose said...

Na minha caixa de musica guardo os sons da minha infância, momentos de alegria ingénua...

É o que tento guardar...

 
At 6/6/08 18:39, Blogger Menina do Rio said...

A tua caixinha de música guarda segredos ao som de muitas sinfonias. Guarda tesouros que viverão eternamente em tuas memórias...

Um beijo

 
At 6/6/08 22:07, OpenID inatingivel said...

Recolhes, na tua caixinha de música, as notas, pausas e semibreves que fazem a melodia da tua vida
... que fugazmente também é nossa.

 
At 6/6/08 22:10, Blogger gaivota said...

penso que todos temos uma caixinha, de música...
guardamos tudo o que foi bom e tráz boas recordações,
coisas da idade!
beijinhos

 
At 7/6/08 14:24, Blogger su said...

Porque viver é arriscar e apostar tudo o que somos e tudo o que nos acontece...temos de fazê-lo se queremos continuar esta passagem, nesta vida por ora curta...

E quando abrimos essa linda caixinha de música que o passado seja saboreado como um aroma que se dissolve perante o presente: tudo o que realmente temos.

Beijinhos grandes aqui da Teia.

 
At 7/6/08 23:11, Blogger Maria said...

do que me arrependo na vida é de não ter amado mais...
... tudo o resto tenho guardado numa enorme caixinha...
:)

 
At 8/6/08 12:08, Blogger Sei que existes said...

Lindo!!!
Beijo grande

 
At 8/6/08 19:04, Blogger Lira said...

que essa melodia se prolongue sempre... e que se faça ouvir aqueles que a mereçam realemnte ouvir a sua doce beleza!

beijinhos!

lira

 
At 8/6/08 19:42, Anonymous cõllybry said...

Sabes que sempre tive paixão pelas caixinhas de musica...

Abre essa caixinha, deixar sair as emoções, que todas elas fazem parte da Vida...sente e vibra...

Doce meu beijo

 
At 8/6/08 22:44, Blogger Silvia Madureira said...

Olá:

Convido à visita do blog:

http://www.tonymadureira.blogspot.com/

É um blog referente a uma doença lupus que atingiu uma tia minha.

beijo

 
At 8/6/08 23:14, Blogger Maçã com Canela said...

Acho que todos temos uma caixinha de musica.. Eua acho-as simplesmente fanasticas!

Um grande beijo minha linda

 
At 8/6/08 23:47, Blogger oceanus said...

...guardar é muito bom...
mas dar é um dom!

Há uma mensagem par ti no Oceanus

bjs do fundo do Oceanus

 
At 8/6/08 23:48, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

As exitações que vamos tendo pela vida, a falta de audácia perante situações da mesma, dão-nos a impressão de não termos sido felizes quanto poderíamos...;

Como a vida é só uma, guardaremos na nossa caixinha de música todos os momentos bons que nos restaram e aos quais nos agarrámos com toques meigos, com lágrimas reprimidas,com momentos de glória, na plenitude do amor que foi possível vivermos partilhando-o.

Hoje não há rio, sò água.

Grande pensamento.

Beijos ternos, querida amiga;)**

(Tens mail amanhã)

 
At 8/6/08 23:58, Blogger efvilha said...

Entre cada sopro no fluir sangüineo, todos os segredos musicais de uma existência são guardados.

Beijo de Paz.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats