Serenidade

Sensibilidade...

21 maio 2008

Sebes cristalinas

(Foto de Serenidade)



Flutuo no leito do teu corpo espesso,
estática, ondeada pela arena de feno,
no desértico dos meus pensamentos,
sinto o nirvana do presente momento.
Perplexa ante tua serena pujança,
reflexo da nossa, inconsciente, semelhança,
perpetuas no tempo a metamorfose dos teus,
facultas a relembrança da paridade com os meus.
Voando na brisa que me afaga ternamente,
na quietude do sopro que me abraça meigamente,
visualizo, de olhos cerrados, a luminosidade,
a presença dos elfos zelando pela fecundidade,
os contornos do teu corpo moldados pela mão,
da energia Una que concebeu com emoção,
o Todo que a todos nós pertence,
o Uno que a alma de cada um sente.
Divirto-me com os olhos no teu leito,
sinto como és um ser divino, perfeito,
nas intempéries, agastado, mostras a fortaleza,
na placidez, branda, evidencias tua beleza.
Tuas paredes dividem, na transparência,
os vales da tua colossal existência,
onde a altivez é timidamente patenteada,
a formosura que metamorfoseias, por mim, amada.




"As pessoas são solitárias porque constroem paredes em vez de pontes."

H. Thoreau

9 Comments:

At 21/5/08 08:42, Blogger @zulebranco said...

Que bom ler-te desta forma tranquila sem o frenesim que o dia a dia provoca em todos nós, bem como da espera de quem não chega que nos consome e devora. Sinto na beleza das tuas palavras a felicidade de tua vitória que bom.....Mas repara as paredes são tão necessárias quanto as pontes, são momentos que reparam outros momentos.....Sorriso grande

 
At 21/5/08 20:11, Blogger Luís Galego said...

Tudo aqui me tocou e H. Thoreau é a cereja em cima do bolo...

 
At 21/5/08 22:10, Blogger Papoila said...

Bonito este teu sentir...

Há tantas pontes em risco de ruirem entre as margens do viver..

Beijos
BF

 
At 21/5/08 22:30, Blogger Multiolhares said...

O amor esta em tudo é só abrirmos as janelas e deixar esse calor divino penetrar em nós
beijinhos

 
At 22/5/08 22:48, Blogger Angel of Light said...

Querida, passei para te deixar um beijinho de Amor, Paz e Luz! Ando um pouco recolhida...

 
At 23/5/08 08:37, Blogger Secreta said...

Por vezes é dificil comentar os teus escritos , tal é a forma como sinto cada palavra.
Gostei , muito.
Beijito.

 
At 23/5/08 23:56, Blogger lua prateada said...

Simplesmente MARAVILHOSO...Parabéns!...

Sobrevoei nas asas do vento
Parei em teu cantinho
Deixando aqui cair
Todo o meu carinho.

Deixando também a paz
Que de mim emana
E te desejando
Um lindo fim de semana.

Beijinho prateado

SOL

 
At 25/5/08 19:53, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

É desta poesia, destes teus sentires, que eu gosto de te ler.

É só amor no poema.
Tu flutuas, tu voas, tu divertes-te, tudo te dá prazer.
Lindo!

E o pensamento é muito bom, também.

Tudo de bom, querida amiga.

Beijos ternos, de carinho:)**

 
At 25/5/08 19:59, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

(Estou a repetir o comentário. O que tinha feito, foi-se!)

É destes poemas que eu gosto, destes poemas alegres, em que derramas todos os teus sentires.

Tu flutuas, Tu voas, tu divertes-te, com tudo o que escreves, porque o fazes com amor, com carinho....

E o pensamento? É soberbo!

Tudo bem contigo?

Beijos ternos, de carinho:)**

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats