Serenidade

Sensibilidade...

06 abril 2008

És...

(Foto de Serenidade)





Tulipa negra, rara, frágil, delicada,
procurei-te, encontrei-te, agora sinto-me amada.
Orquídea luzente, esquiva, selvagem,
contigo entrei nesta maravilhosa viagem.
Rosa veemente, majestosa, espinhosa,
dás-me constantemente teu amor carinhoso.
Lírio amarelo, ambicioso, cintilante,
irradias tua luz nos espelhos que são meus olhos deslumbrantes.
Narciso brilhante, tocando suave melodia,
que escuto em contínua harmonia.
Frésia com seu perfume inebriante,
que nunca deixa meu corpo como antes.
Jarro elementar, despretensioso na aparência,
a quem meu coração faz amorosa reverência.
Passiflora exuberante, violácea, apaixonada,
que amo serenamente, sentindo-me acarinhada.



"Às vezes, certas coisas estão no nosso caminho, mas não chegou a nossa hora, elas passam apenas de raspão, sem nos tocar - embora sejam suficientemente claras para que possamos vê-las."

Paulo Coelho

17 Comments:

At 6/4/08 01:28, Blogger de dentro pra fora.... said...

Adoro tulipas...esta cor então..são lindas e raras,e frageis..

 
At 6/4/08 02:28, Blogger Menina do Rio said...

Uma ode às flôres!
Senti-me num jardim a contemplar tanta beleza!

Um beijo

 
At 6/4/08 12:26, Blogger su said...

Cada coisa traz um rasto muito de seu, com a sua carga psicológica de tal modo intenso, mesmo que pareça coisa pouca, que nos marca infinitamente...e assim "nós já vivemos mil anos..." de certeza...na recordação de detreminadas sensações...

Pequena e deliciosa ode!

 
At 6/4/08 17:00, Blogger Angel of Light said...

Adoro flores. Gostei das palavras sobre as flores, mais um dos seres vivos maravilhosos que habitam esta casa connosco... que nos d�o tanta paz de esp�rito pelas suas formas, cores e aromas variados.

Gostei das palavras de Paulo Coelho. Muito verdadeiras. Tudo tem o seu tempo, a sua hora. H� que esperar tranquilamente...

Beijinhos cheios de Amor, Paz e Luz

p.s.: Mais uma foto linda.

 
At 6/4/08 17:28, Blogger impulsos said...

Serenidade
Que lindas flores tem o teu jardim... perfumadas pelas tuas palavras de multicores sensações...

Viva a Primavera e toda a sua beleza que nos oferece nos tapetes de cores matizadas espalhados por esses campos fora!

Beijo

 
At 6/4/08 20:02, Blogger brisa de palavras said...

Tulipas são as minhas flores preferidas...
Senti a olhá-las.

Um abraço brisa de palavras

 
At 6/4/08 22:08, Blogger Sic Infit said...

Tão bonito que fiquei com os olhos cheios de água!
Gosto muito dessa ideia do amar serenamente.
:)

 
At 7/4/08 08:26, Blogger @zulebranco said...

Palavras interessantes com cheiro primaveril.....Gosto muito da Primavera agora Paulo Coelho?....Gostos e sensibilidades claro...
PS. Sempre gostei muito mais do que escreves do que os que citas....Sorriso grande

 
At 7/4/08 13:53, Blogger poetaeusou . . . said...

*
Quem tentar possuir uma flor, verá sua beleza murchando. Mas quem apenas olhar uma flor num campo, permanecerá para sempre
com ela. Você nunca será minha e por isso terei você para sempre,
,
in-Paulo Coelho
,
conchinhas
m
*

 
At 7/4/08 14:45, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Serenidade,

Acabo de deixar-lhe um comentário num blogue chamado Retalhos que agora fiquei na dúvida sobre se será seu... ou pelo menos só seu...? De qualquer forma, peço-lhe que leio essa mensagem.

Esta post e o anterior estão também uma beleza, inspiradores e incitando cada um que os lê à expressão da beleza na vida. Parabéns!

Como vê, estamos agora de volta após uma longa pausa devida ao muito trabalho e outros pequenos precalços...

Esperamos reatar com renovada amizade o contacto tão querido com todos os Amigos,

Isabel

 
At 7/4/08 16:06, Blogger Gonçalo de Assis said...

Oi minha querida, conferindo as nvdds e lhe desejar uma otima semana, adoro Paulo Coelho.Bj com carinho

 
At 7/4/08 23:02, Blogger O Profeta said...

As tulipas t~em o odor dos deuses..assim são algumas pessoas...


Doce beijo

 
At 7/4/08 23:50, Blogger oceanus said...

...ás vezes certas coisas "já" estão no nosso caminho e nós teimamos em olhar para o lado...

Lindas as tuas tulipas e o teu poema ...maravilhoso

bjs do fundo do Oceanus

 
At 8/4/08 01:24, Anonymous Goncalo de Assis said...

Passando tb para agradecer a visita ao Sonhos secretos e para dizer que adoro tulipas
De todas as cores
Mas de facto prefiro as negras
Beijos com carinho

 
At 8/4/08 13:52, Blogger Liliana said...

Cara Amiga,

Cá estou de novo de regresso!

Um abraço da Liliana

 
At 8/4/08 19:00, Blogger Plum said...

Um festival de flores!!!***

 
At 8/4/08 20:23, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

(Comentário repetido)

Ontem comentei o teu post mas quando o estava a tentar publicar, faltou a luz e o comment deve ter ido ao ar.

Repetindo, mais ou menos:

ÉS

Este És não é um és é um SÃO.

São todas as flores de que tu gostas e as quais te preenchem a vida, o espírito, a auto-estima e o coração.
E o cravo branco?????? Eu gosto muito.
Um poema florido!

Sabes tenho a colecção toda do Paulo Coelho; gosto e identifico-me totalmente com as suas ideias.

A Serenidade tem muita classe a tirar fotos.
Parabéns.

Beijinhos ternos, querida amiga;)**

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats