Serenidade

Sensibilidade...

09 maio 2008

Almejada retribuição


(Foto de Serenidade)



As nuvens surgem do nada, opulento no meu coração,
afago-o, segredo-lhe a dedicação das moléculas em união,
a prepotência do lado esquerdo sentir,
ilusoriamente o que a mente, mente para si.
Os raios de um astro-rei sumptuoso,
embalam-me num gesto carinhoso,
luz de um fogo que arde, dói e queima,
ambicioso na retoma da luz que almeja.
É colossal a ousadia do meu sentimento,
peculiar a forma de o reaver no teu manifesto,
presentear sem alguma amorosa reciprocidade,
desvanece a sensação da requerida felicidade.
A certeza da luminosidade atrás das nuvens obscuras,
faz sorrir meu ser e acreditar no teu sentimento puro.



Dar-se sem esperar receber é uma aprendizagem feroz, quero aprender...
Serenidade

16 Comments:

At 9/5/08 01:08, Blogger Lira said...

Olá serenidade!

«É colossal a ousadia do meu sentimento,(...)

A certeza da luminosidade atrás das nuvens obscuras,
faz sorrir meu ser e acreditar no teu sentimento puro.»

Já diz aquele velho ditado: "depois da tempestade vem abonança"


há sempre uma luz para nos guiar a vida!

beijinhos!!!!

Lira

 
At 9/5/08 12:12, Blogger Branca said...

Amiga, passo cá apenas para te desejar um bom fim-de-semana...
Beijinhos!
Tudo de bom :)

 
At 9/5/08 13:12, Blogger O Profeta said...

Mais uma obra de arte de profundas palavras...


Doce beijo

 
At 9/5/08 13:41, Blogger * Ju * said...

e é quando mais e melhor se aprende :)

beiju com saudades***
espero que esteja tudo bem...

 
At 9/5/08 16:44, Blogger Angel of Light said...

"Dar-se sem esperar receber é uma aprendizagem feroz, quero aprender..." e vais (re)aprender, como ser de luz que és. Está dentro de ti. Só tens de procurar esse equlibrio. O altruísmo!

Bom fim-de-semana!

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

 
At 9/5/08 19:14, Blogger Regina said...

Sim, basta a certeza da luminosidade...

Bjinho

 
At 10/5/08 05:16, Blogger Carol Barcellos said...

Dar sem esperar receber é mesmo uma aprendizagem feroz. Uma das vantagens de não receber de volta é ficar cheia de amor dentro de si, tão cheia, a ponto de ser necessário escrever poesias, e ao postá-las, dar e receber um outro tipo de amor.

Beijinhos doces cristalizados!!! :o*

 
At 10/5/08 16:50, Blogger Multiolhares said...

Não é fácil querer aprender, pois aprender interiormente não é acumular informação, tu o sabes
beijinhos

 
At 10/5/08 22:05, Blogger Sei que existes said...

Fabuloso o que escreves. A foto também está muito bem conseguida!
Beijitos

 
At 11/5/08 17:04, Blogger Paula said...

Lindo poema!
De uma sensibilidade extrema!

Abraço

 
At 11/5/08 23:28, Anonymous cõllybry said...

Prfundas são as palavras, num sentir de coração...

Quanto é dificil doar...sem nada esperar...mas é possivel...

Doce meu beijo

 
At 12/5/08 03:07, Blogger AnaMar said...

Belíssimas palavras, maravilhoso sentir.

Não é uma forma de amor, essa de nos darmos, sem esperarmos receber?
Bj

 
At 12/5/08 08:45, Blogger @zulebranco said...

Como tudo são opções de vida, o dar, ser voluntário, ser solidário....Umas vezes há quem aproveitando vai na procura de divedendos como tudo há quem seja e quem se utiize parcendo ser....Tu na verdade és um ser transparente e puro sei-o bem, e também o sei que mereces receber um pouco do amor amizade e estima que tanto dás e muito transmites nas tuas lindas poesias....Afinal também a auto-estrada tem dois sentidos não é?.....Sorriso grande

 
At 12/5/08 10:52, Blogger mjf said...

Olá!
concordo inteiramente...com o que fizes:

"Dar-se sem esperar receber é uma aprendizagem feroz, quero aprender"...

Beijocas
Boa semana

 
At 12/5/08 16:02, Blogger poetaeusou . . . said...

,
nuvens,
agua condensada,
espraiada,
nos etéreos sentimentos,
,
conchinhas serenas
,
*

 
At 12/5/08 19:48, Blogger Plum said...

Que todo o mundo aprenda!!!***

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats