Serenidade

Sensibilidade...

05 março 2007

Os olhos a janela...

(Foto de Serenidade)

Da janela do meu céu
observo com amor
o planeta a brilhar
apesar de algum desamor.
Meus olhos a janela
da senda almejada
o coração em harmonia
a alma apaziguada.
Vislumbro o belo no escuro
sublime tudo é … será
é preciso acreditar…
a harmonia chegará.
Territórios abençoados
são todos especiais,
a comarca das formigas
o território dos chacais.
Tudo é luz cintilante
beleza peculiar
o arco-íris exuberante
a gaivota a voar.
Abre a tua janela
teus olhos vão contemplar
a beleza da vida
o Universo felicitar.
Saúda a consciência
cegueira ausente, visão alargada,
aprecias teu maravilhoso ser
estimas o que está ao teu lado.
Nunca fechei minha janela
examinei o óbvio e o escondido
vi a beleza nas criaturas
o encantador Universo perseguido.

20 Comments:

At 5/3/07 09:04, Blogger @zulebranco said...

bom dia,
tanta calma, tanta bondade, muito encanto e beleza quem é só pode com tanta vontade e esperança ser a SERENIDADE.

 
At 5/3/07 13:46, Blogger Moura ao Luar said...

Desejos de felicidade

 
At 5/3/07 14:25, Blogger V.B. said...

Abrindo as janelas podemos encontrar coisas incríveis mesmo... Mas eu sempre acho que a beleza está nos olhos de quem olha, e não na paisagem. Só vê a luz cintilante quem possui olhos cheios de claridade.

Adorei aqui

 
At 5/3/07 17:07, Blogger Plum said...

Faça chuva ou faça sol, a minha janela está sempre aberta!!!*

 
At 5/3/07 19:18, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

"Tudo é luz cintilante
beleza peculiar
o arco-íris exuberante
a gaivota a voar."

Basta querermos!

1 beijo =^.^= tarina

 
At 5/3/07 19:49, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga Carla,

Que bonito poema. Quase diria sublime. A Essência está de facto em tudo e em todos os seres.

Um sorriso, uma árvore florida
Um barco no mar, uma ave a voar
A Consciência até aí adormecida
Começa finalmente a despertar

E em tudo vê o momento. AGORA!
Permanece no momento presente
Avança pela vereda sem demora
Já antevê a Luz que se pressente

E os escolhos e as dificuldades
Antes eram o gigante adamastor
Agora iluminados pelas verdades
São pérolas do mais sublime amor

Muitos parabéns por esta pequena maravilha. Já está muito distante dos outros lá atrás.


Um grande abraço

José António

 
At 5/3/07 21:52, Blogger DE PROPOSITO said...

'a comarca das formigas'
.................
As formigas, seres vivos com uma disciplina hierárquica formidável. _Quem será que a determina? Certamente o deus delas, o Deus das Formigas. O seu sistema é idêntico ao das abelhas, quando nascem são predestinadas a determinadas funções. Faz-me lembrar os seres humanos. Há muitos que quando nascem predestinados a viver uma vida de amarguras, ganhando numa vida o que determinados artistas 'deviam trabalhar no circo', ganham num mês. é esta a lei de deus, do Deus dos Homens.
fica bem.
felicidades.
Manuel

 
At 5/3/07 21:52, Blogger Lia said...

E ao abrir as janelas, ver o que de mais belo há, já que são os olhos da alma que comtemplam o universo.

Beijinhos com carinho

 
At 6/3/07 00:32, Blogger elsa nyny said...

Olá!!
e deixo-me embalar por esta serenidade!! Lindo, Amiga!!

beijinhos!
:)

 
At 6/3/07 08:42, Blogger Branca said...

A janela está aberta mas por vezes tem grades como a tua imagem...
As grades não impedem a luz de trespassar a janela e nos harmonizar, mas...
Por vezes, transpomos as grades, outras vezes, lamentamo-nos delas e e ficamos apenas a olhar além...
São os nossos altos e baixos e sem eles não existiríamos, não é?
Hoje consigo passar as grades com agrado, amanhã posso não conseguir...
No entanto, tenho a certeza que no dia seguinte já volto a poder voar além...

É verdade gosto bastante de Paulo Coelho, os seus livros fizeram-me, de algum modo, ver a vida de uma forma mais positiva e acima de tudo ainda me fazem sonhar...

Boa semana! Beijinhos...

 
At 6/3/07 11:29, Blogger Papoila said...

Ola desejo que a janela da tua alma nos presenteie sempre com belas construçoes poeticas como esta. Adoro janelas, adoro portas, sao aberturas para o ser. Deixam aromas e sabores para o sentir. Que a janela do teu ser tenha lindas flores,
bjinho encantado,
Papoila Sonhadora,

 
At 6/3/07 12:35, Blogger João Cordeiro said...

Um poema repleto de serenidade.
Gostei muito.

Obrigado igualmente pelos teus comentários


Beijinhos sonhadores

 
At 6/3/07 13:53, Blogger Pierrot said...

Muito bom este teu poema
Muito bonito este teu universo
Está excelente
Parabéns
Bjos daqui
Eugénio

 
At 6/3/07 15:42, Anonymous nancy moises said...

Eii adorei tdo por aqui, seu blog é barbaro...
Convido a fazer a inscrição p ser destaque no lua em poemas e ofereço o award na lateral de meu blog.
bjs e um bom dia!!!

 
At 6/3/07 16:29, Blogger Cátia said...

As tuas palavras transpiram serenidade... Deixo-me embalar por elas...

Harmonia, luz cintilante, arco-íris exuberante...

Beijinhos

 
At 6/3/07 19:13, Blogger Luna said...

Podes crer que sim, só tendo a janela aberta para descobrir na escuridão a luz que brilha, podemos encontrar a paz que tanto procuramos
jinhos

 
At 6/3/07 20:28, Blogger MiaHari said...

Querida amiga,

O meu blog continua com alguns problemas... por isso tenho estado um pouco ausente.
Fiquei contente com a visita, obrigada e volte sempre!
Veremos se dentro em brave consigo postar de novo.
Uma boa semana também.
Beijinho.

 
At 6/3/07 20:29, Blogger MiaHari said...

Mas queria dizer-te também que fiquei encantada com os teus dois ultimos poemas. Maravilhosos!
Beijinho

 
At 6/3/07 21:05, Blogger Fernanda said...

É noite... mas a minha janela da vida... está aberta e repleta de amizade.

Uma boa noite para ti.

 
At 7/3/07 23:29, Blogger IsaMar said...

Abrir-nos aos outros...comunicar....ouvir,...
Seria execelente....seria tudo mais facil...

beijinhos

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats