Serenidade

Sensibilidade...

06 janeiro 2012

Oferenda

(Foto de Serenidade)



Oferto-te uma recordação,
para que acalentes meu coração,
não sou rainha nem princesa
nem uma simples duquesa.

Oferto-te o que possuo de melhor,
mesmo que nada sinta meu,
ouro, incenso e mirra,
e o que de mais brilhante apareceu.

Surgiu o brilho dos meus olhos,
sonhando, acordada, a concretização,
de ver na mais presente realidade,
o que meu lado esquerdo anseia com devoção.

Oferto-te, o que de mais valioso tenho,
o que acolhes com carinho
a partilha de uma vida,
o amor no nosso ninho.

Na morada onde planto o nosso jardim,
crescem flores vistosas,
lanço sementes de ternura,
crescem laços amorosos.

Oferto-te, a Ti, o que não encontro em mim,
oferta-me o que procuro,
ou liberta-me da clausura do querer,
cedendo-me a força que me furto.






"O que quer que seja que você for fazer ou sonhar, que pode fazer, comece...comece agora."

(autor desconhecido)


Retalhos








2 Comments:

At 8/1/12 01:57, Blogger Vieira Calado said...

Olá, como está?

Desejo um

BOM ANO

para si!

Saudações minhas!

 
At 17/1/12 20:40, Blogger IsaMar said...

A propria vida é uma dádiva divina...Valorizar cada momento é importante para conseguirmos avançar sempre.

jinhos IsaMar

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats