Serenidade

Sensibilidade...

11 setembro 2011

Às vezes...



(Foto de Serenidade)



Às vezes é assim
a dor percorre cada célula de mim
a luz afasta-se do caminho
escurece até no nosso ninho.
Às vezes na rosa os espinhos avultam
a sua sublime beleza os véus ofuscam
sobressai o que sente o coração
um abrolho o aguilhoou, sem razão!
Às vezes o coração palpita de temor
ao invés de saltar pela boca por amor
emite rios que percorrem o meu rosto
uma torrencial atípica em Agosto!
Quis o tempo mostrar-me a dualidade
sentir da felicidade, saudade
desvendar que na vida há desamor
entre corações que se uniram com vigor.
Às vezes é assim
o riso dá lugar à agonia
o calor torna-se irreversivelmente frio
a água salgada é licor que acalma
permitindo uma limpeza profunda da alma.
Ás vezes é assim
outras há, que há sorrisos
ornamentados com laços e feitios
a tela fica repleta de cor
uma obra onde predomina o amor.
Quis a vida que na água salgada se soltasse o riso
uma comédia iniciada sem siso
as margens voltam a ser regadas com carinho
ornadas com bonitos ponteados de rosmaninho.


"A VIDA É COMO CAFÉ SEM AÇÚCAR, CADA UM ADOÇA AO SEU GOSTO....HÁ QUEM PREFIRA AMARGO"


2 Comments:

At 13/9/11 14:12, Blogger @zulebranco said...

Ás vezes a vida surge numa dor,
com tamanho real e sentida com sufoco aflitivo que o desespero se em nós instala por momentos até que um suspiro de alívio nos percorre,
Por vezes um abraço instalado nos conduz a uma imensa felicidade em que estrelas brilhantes nos fazem vibrar pela intensidade generosa que a vida nos presenteia nos momentos às vezes,
O grito às vezes,
A dor às vezes,O ruído e o silêncio também por vezes e sobretudo
A raiva e o amor também por vezes,
como o nunca e o sempre por vezes na esperança do sorriso de sempre te contagie, por vezes....quem sabe às vezes....

 
At 4/10/11 10:29, Blogger Serenidade said...

@zulebranco,
é efetivamente, assim como referes, às vezes...
...tanto silêncio, tanto ruído de fundo;
Amor? imenso e silenciado na ausência de si mesmo...
Também o sorriso, às vezes.... muitas vezes, mesmo na sua própria ausência...

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats