Serenidade

Sensibilidade...

09 junho 2011

Natividade

(Foto de Serenidade)



Sorvo o ar que me circunda como se fosse a primeira vez,
liberto o grito de libertação com rapidez,
mais uma alma que aporta neste cais,
várias no mesmo dia, nunca iguais,
o ponto de partida para a felicidade,
o porto de chegada da saudade.
Arregalo os olhos, olhando os olhos que me olham,
ouço as vozes que ouvia, dizem que me amam,
sinto o cheiro maravilhoso das minhas origens,
reparo que vim lá do alto, que vertigem!
Sorvo o ar que agora respiro com voracidade,
a mesma que hoje em dia cultivo, na minha vontade,
de viver como se tivesse agora aportado,
neste cais polido, muito amado.
Será que estarei a terminar minha passagem?
Será que ainda está, por começar, a viagem?
A Tua vida metamorfoseou-se nesta idade,
manifestaste a tua verdadeira divindade.
Sinto que assumirei o papel principal,
em atos de essência primordial,
serei atriz que recita com alegria,
o público que aplaude sem ironia.



"Quando falares, procura que as tuas palavras sejam melhores que o silêncio."
Provérbio Hindu



PARABÉNS SARA - Saturno


6 Comments:

At 9/6/11 02:19, Blogger Juℓi Ribeiro said...

Amiga:

Lindo!

Colocastes em versos
lindos sentimentos...
Diante de tanta beleza
fiquei sem palavras.

Beijo.

 
At 9/6/11 09:18, Blogger @zulebranco said...

O papel do indivíduo(a) na história é sempre importante, e sempre muito centralizado no entanto sò é perfeito quando consegue que os outros se sintam numa sintonia irremediavelmente perfeita consigo de forma em que a centralização de si seja difusa e não confusa no caminha da descentralização com muito amor liberdade e solidariedade
Sorriso grandeÉ sabio o provérbio

 
At 13/6/11 16:00, Blogger Serenidade said...

Obrigada Juli, és uma querida.

 
At 13/6/11 16:01, Blogger Serenidade said...

@zulebranco, muito ábio é também o teu comentário.
Obrigada.

Serenos sorrisos

 
At 15/6/11 22:19, Blogger IsaMar said...

Foi um dia magnífico, entre olhares de quem gosta de ti.
Encontros e reeencontros, de gestos delicados que invadiram o teu ser de felicidade.
A tua vida é uma viagem que se vai completando ao longo da tua caminhada.
Tudo na vida modifica-se, com o tempo, com as experiencias,etc...Por vezes pode ir mais lenta, ou mais depressa, mas o mais importante é sermos nós próprios.
Ainda tens muito por fazer e dar. Ainda bem que estive presente neste belo dia.

Beijinhos

 
At 16/6/11 10:27, Blogger Serenidade said...

Isa,

obrigada pela tua presença. Foi, para mim, um dia cheio de mimos desde as 8h20 às 18h30 na escola e depois em casa, como pudeste constactar.

Serenos sorrisos

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats