Serenidade

Sensibilidade...

29 abril 2010

Que música é?

(Foto de Serenidade)



Que música é esta que invade todo o meu Ser,
até ao mais pequeno elemento atómico que de mim faz parte,
ganha terreno na mais ínfima partícula de mim,
faz com que todos os meus corpos exaltem.

Que melodia é esta que neste preciso momento
encontrou como cais de embarque os meus ouvidos
o instante oportuno para a conseguir ouvir
e saciar todos os meus corpos famintos.

Que cantilena é esta que sacia e preenche,
vinda não sei de onde nem porquê,
mas sem dúvida na hora oportuna
de um acolhimento sem renúncia nem porquês!

Que ode é esta que une-me e acaricia-me,
que faz-me sentir em paz com o mundo,
que faz-me relembrar que possuo tudo o que preciso,
que somos, todos, seres em tudo fecundos.





"Quando eu morrer, não desesperem. Homenageiem-me. Falem dos meus sonhos, falem das minhas loucuras." - Augusto Cury



1 Comments:

At 15/5/10 10:22, Blogger IsaMar said...

Oi...
É um som fantástico, para mim um dos mais belos. O Mar é bem poderoso, desde o seu som, á sua cor e á sua imensidão.
Acolhe-nos sempre que olhamos para ele, com um efito alquimico, com sensações que nos transformam o espirito e o próprio corpo.
O Mar é fonte de energia, alimento, um amigo, confidente, é um amante, uma Paixão...
O Mar é a Vida que me torna VIVA quando a vida parece esmorecer...

Beijos da _Isabel da Madeira

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats