Serenidade

Sensibilidade...

13 setembro 2007

...quero Ir...


(Foto de Serenidade)


Corisco fulmina-me
aniquila meu corpo
deixa minh’alma livre
viajar no Universo
findar o controverso.
Cansaço apodera-se
cruzadas de luta imensa
lado esquerdo trespassado
pela lança da dualidade
vivida na materialidade.
Quero ir
não quero ficar
fazer o que não quero
lacerar o sincero.
Cansaço apodera-se
perdoa-Me por querer ir
mas a dor excede
a força cede.
Alma alva grita de dor
coração preto e branco, bicolor.
Quero ir
não quero ficar…
a dor apodera-se
só quer Amar,
felicitar,
a maravilha do Cosmos
na eternidade perdurar.
"O certo e o errado são apenas construções mentais"
Deepak Chopra
"Evita os elogios, ó Devoto. Os elogios conduzem à auto-ilusão.
Teu corpo não é o Eu; teu Eu é em si sem corpo e
não o afecta nem elogios nem censuras."
H. P. Blavatsky

15 Comments:

At 14/9/07 00:55, Blogger Menina do Rio said...

Tenho a alma cansada pela luta desigual entre o querer e o não ter
Por isso quero ir, errante...

beijinhos

 
At 14/9/07 05:54, Blogger Paulo Sempre said...

Excelente!!!
Paulo

 
At 14/9/07 07:46, Blogger @zulebranco said...

Bom dia amiga, mais uma bonita construção, com os sentidos à flor da pele, gostei muito, assim como me fascina a tua força....Um sorriso muito sereno....mais uma vez obrigado pela partilha

 
At 14/9/07 09:26, Blogger Obscuridade Translúcida said...

A tua inspiração está a atravessar uma fase fascinante, cada novo post é uma evolução do anterior...

Cada vez mais rico na construção e no uso das palavras.

A escrita, ao contrario de outras artes, não cria palavras, simplesmente ordena as já existentes.

Sem descorar as restantes artes, que pelo facto de criarem algo novo consegue cativar de imediato as atenções, na poesia só alguns conseguem surpreender, e tu consegues...

Parabéns...

 
At 15/9/07 01:05, Anonymous Anónimo said...

Olá,

Passei para conhecer sue interessante espaço e amei. Voltarei outras vezes.

Desejo um lindo final de semana e muita paz.

Smack!

Edimar Suely
edi_suely.blig.ig.com.br

 
At 15/9/07 01:44, Blogger su said...

Fusão foi a palavra que me surgiu ao ler e reler o teu poema. A beleza do ressurgimento das palavras na alma do Universo. Outra totalidade.

 
At 15/9/07 03:38, Blogger Bouquet said...

Hoje vim de novo procurar serenidade...e hoje também eu ia ...

Um beijo sereno e bom fim de semana!

 
At 15/9/07 16:42, Blogger O Profeta said...

No sublime te li...


Doce beijo

 
At 15/9/07 23:02, Blogger Professora said...

Olà amiga que lindo poema. Passa no meu blog para veres uma pesquisa muito original sobre mulheres. Um abraço

 
At 16/9/07 00:12, Blogger Professorinha said...

E eu também quero ir... ir e não voltar tão cedo... ir sem saber para onde... sozinha... ir ir ir...

Beijos

 
At 16/9/07 01:44, Blogger Juℓi Ribeiro said...

Querida amiga:
Linda postagem!

Foto encantadora!
Versos maravilhosos!
Tu encantas nossos olhos
e nossos corações...
Um abraço carinhoso.

 
At 16/9/07 12:02, Blogger Lívio said...

A serenidade mantém-se com alguma tristeza misturada! Senti!

 
At 16/9/07 12:19, Blogger * Ju * said...

entao vai... Vai onde te leva o coração :)

beiju enorme linda**

 
At 16/9/07 14:35, Blogger rui said...

Olá Carla

Está lindo!
Existe serenidade nas tuas palavras, a forma como escreves é cativante.
Gostei de estar aqui.

Que tenhas um lindo domingo
Abraço

 
At 17/9/07 14:42, Blogger @zulebranco said...

PS. Quanto a gosto pela foto gostei mais da anterior.....soriso grande

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats