Serenidade

Sensibilidade...

21 junho 2007

Retrato

Espelho Tâmega
(Foto de Serenidade)


Espero por ti desde sempre
sentindo-te aqui, no presente!
Na suave brisa primaveril,
no fluxo do riacho existente!

És o tapete de margaridas
que contemplo nas serranias.
Espiga de trigo maduro,
o alimento da harmonia.

És andorinha que parte,
regressando ao seu ninho,
cuido dele com paixão,
faço dele um doce hino.

És o rio de águas cristalinas,
que nos meus olhos vagueia,
num fluir sereno e equilibrado,
em meu regaço a foz norteia.

És o barco e o veleiro,
por vezes sem orientação,
eu o mar em que navegas,
nas intempéries do coração.

És o azul do luzidio céu,
apesar da ausência de luz,
o sol que me aquece,
num abraço me seduz!

És a aprazível e melódica ária,
que faz vibrar meus sentidos,
um terno sorriso escrito,
no meu semblante irradio!

És a doce e robusta voz
que me encanta, inebria,
faz vibrar minhas células,
de esperança e alegria.

És meu reflexo no rio,
o espelho de minh’alma,
fluindo em teu doce leito,
meu corpo, então, acalma!

És trilho que faço descalça
não temo atropelamentos,
chegar a ti é o fundamento,
a causa do momento!
"As prendas mais valiosas do teu tesouro, são,
geralmente, aquelas pelas quais trabalhastes."
Fun Chang

41 Comments:

At 21/6/07 08:06, Blogger @zulebranco said...

O ser ou estar,como se tudo já não fosse complicado ao mesmo tempo.
O és, a espera, a espera, o rio o mar o momento, a doçura com que escreves, sempre com um sorriso nos lábios com palavras de conforto no desconforto próprio de quem mais e melhor quer....Bonita reflexão nos teus lindos sonhos.....Um sorriso muito aberto para ti, e Obrigado

 
At 21/6/07 10:10, Anonymous Secreta said...

"chegar a ti é o fundamento,
a causa do momento!"
Talvez as palavras que mais me dizem neste teu poema.
Beijito.

 
At 21/6/07 12:09, Anonymous Anónimo said...

a minha dinha é grande poetisa!!

"Espero por ti desde sempre
sentindo-te aqui, no presente!
Na suave brisa primaveril,
no fluxo do riacho existente!"

bonito poema para refletir e pensar.

BEIJOS DO AFILHADO COM BARBA E CONTINUA ASSIM! :D

 
At 21/6/07 12:10, Blogger saturno said...

Olá querida serenidade!!!

Este é mais um belo poema de amor...
Por vezes para chegar ao amor temos que atravessar um longo caminho que nos oferece bastantes dificuldades....mas no final vale sempre a pena.

Tal como diz Fernando Pessoa, "Tudo vale a pena se a alma não é pequena."

Um grande e doce beijinho!!

 
At 21/6/07 17:16, Blogger Plum said...

"És trilho que faço descalça"

Deixo-te um abraço!

 
At 21/6/07 22:18, Blogger Som Do Silêncio said...

Adorei a última parte!

Simplesmente divino!!

Um beijo em silêncio minha querida

 
At 22/6/07 13:05, Blogger james said...

Curiosidade de escutar essas palavras.

A senhora poderia recitar e por no Youtube, certo?

Um abraço.

 
At 22/6/07 13:16, Blogger Monólogos.by.Paula said...

Serenidade é o que hoje vim encontrar aqui neste teu magnífico poema.

Está tudo dito com uma limpidez na escrita que me deixa os olhos húmidos.

Bjinhos

 
At 22/6/07 15:59, Anonymous Pequenita said...

gostei principalmente da ultima frase...

Kissess
Quando o Teu Corpo e o Meu...
www.pequenita.blogs.sapo.pt

 
At 22/6/07 16:22, Blogger Moura ao Luar said...

O amor a conquista, o bater do coração... em ti

 
At 22/6/07 17:09, Blogger Papoila said...

Serenidade:
Todo o poema é um hino ao amor.
A foto da Princesa do Tãmega lindíssima.
"És trilho que faço descalça
não temo atropelamentos,
chegar a ti é o fundamento,
a causa do momento!"
Beijos

 
At 22/6/07 21:48, Blogger Professorinha said...

Tu és tudo o que me envolve, a vida que vivo, o caminho que trilho, o ar que respiro...

O amor é tudo...

Beijos

 
At 22/6/07 22:52, Blogger oceanus said...

"És trilho que faço descalça
não temo atropelamentos,
chegar a ti é o fundamento,
a causa do momento!"

Acho lindo...

um bfs

beijinhos do fundo do Oceanus

 
At 22/6/07 23:03, Blogger Bia said...

belo poema repleto de metáforas maravilhosas e tranquilas como tu.
"és o meu refexo no rio..." lindo.
beijo meu
Bom fim de semana

 
At 22/6/07 23:42, Blogger o alquimista said...

O beijo da bruma com a água, é dança de dispersos sonhos, perdidos no silêncio desta baía, por longos e agrestes caminhos. Sentei-me! No peito ausência, a luz não tem hora, a paixão solta de amarras, que teima em não ir embora. Gira a vida em sua roda, invisível, celebro os dons da terra com a aurora, no espelho desta lagoa em arrepio, vejo um conhecido rosto que chora.


Bom fim de semana


Doce beijo

 
At 23/6/07 00:20, Blogger elsa nyny said...

Linda!!

Adorei este mometo!
Sentir a melodia das tuas palavras...é somplesmemnte lindooooo!


beijinhos!!!

ps - Descuilpa as minhas aus~encias, mas tenho andado ocupadissima.

 
At 23/6/07 20:27, Anonymous sony said...

Serenidade tenho que vir com tempo nas ferias para cuscar estas coisas lindas aqui!
Obrigada plas visitas sempre!
vim aqui dizer-te que tens um trevinho da Sorte à tua espera, se o quiseres apanhar, mas tens de o agarrar para sempre com toda a tua força:-)
Está no meu canto à tua espera!
Bom S.João
Bj
Sony:-)

 
At 23/6/07 21:53, Anonymous Rodrigo said...

Oi, achei teu blog pelo google tá bem interessante gostei desse post. Quando der dá uma passada pelo meu blog, é sobre camisetas personalizadas, mostra passo a passo como criar uma camiseta personalizada bem maneira. Até mais

 
At 23/6/07 22:27, Blogger brisa de palavras said...

A vida é um reflexo de paixão e serenidade...
um abraço
brisa de palavras

 
At 24/6/07 01:51, Blogger Menina do Rio said...

Tudo aqui é serenidade a começar pelas imagens.

Um beijo

 
At 24/6/07 11:18, Blogger impulsos said...

Minha querida amiga serenidade

ADOREI ESTE POEMA!

Está tão bonito, mas tão bonito... que qualquer coisa que dissesse sobre ele, o estragaria.
E isso é o que eu não quero!

A foto do rio, é como um espelho... lindíssima!!

E a reflexão do final, não podia ser melhor.

Um beijinho grande e meu

 
At 24/6/07 11:54, Blogger littledragonblue said...

Lindo, divinal...
Cheio de amor e sensualidade.

Espero que tudo esteja bem contigo, um beijinho meu e votos de uma boa semana.

 
At 24/6/07 13:19, Blogger borrowing me said...

sabes que é bom saber que alguém nos faz vibrar os sentidos
faz-nos sentir vivas bem lá por dentro...
bom domingo

 
At 24/6/07 18:19, Blogger Maria Clarinda said...

Maravilha de poema...
A foto e seus reflexos...uma das minhas paixões em fotografia.
Adorei ambos.
Jinhos mil.

 
At 24/6/07 19:32, Blogger Lu@r said...

Tsssss...Vim tarde agradecer...
Bem, ainda posso desejar-te bom S.Pedro.

:)

Beijo doce

 
At 24/6/07 21:22, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

"Chegar a ti" :) todos queremos chegar a algo!

1 beijo linda =^.^=

 
At 24/6/07 21:58, Anonymous Mel de Carvalho said...

"És o trilho que faço descalça ..."


Minha amiga, és lindaaaaaaaaaa.

Andei a let tudinho... tudinho. Perdoa a ausência, quando venho trago a cadeira e fico ...

Bjs enormes, de Mel e serenissimos ... :)

Mel

 
At 25/6/07 05:43, Anonymous Anónimo said...

4646
71912551 1 4635, 453 1469.
897... 897... 83991!!!!!!!!!!!

7313991

 
At 25/6/07 11:26, Blogger Cátia said...

És trilho que faço descalça
não temo atropelamentos,
chegar a ti é o fundamento,
a causa do momento!

Simplesmesnte lindo... Lutar... conquistar... chegar... amar!

Venho agradecer-te todas as palavras de força e amizade que tens deixado no meu cantinho. O post que está lá agora é também para ti. Obrigada.

Beijinhos grandes

 
At 25/6/07 13:28, Anonymous Rosa Maria said...

Gosto das tuas palavras e dos pensamentos que nos deixas...
fica um beijo

 
At 25/6/07 18:17, Blogger Isabel José António said...

Querida Amiga,

Fina poesia, eivada de subtis adornos e figuras de estilo. Plena, fluída saltitante em direcção ao auto-conhecimento da vida, do amor, e dos seus sefredos ocultos.

Muitos parabéns.

Beijinhos

José António

 
At 25/6/07 22:10, Blogger Oficina dos Risos said...

Se os teus sonhos estiverem nas nuvens, não te preocupes, pois estão no lugar certo; agora começa construir os alicerces...

Beijos e Risos da Ri que apesar de ter tado mais distante não esqueceu de RIr ctg ;)

 
At 25/6/07 22:24, Blogger Ghandy said...

Mais uma vez retrataste muito bem do que és capaz...
És grande...
Bjs

 
At 25/6/07 22:51, Blogger poesiadaspiramides said...

tudo tem o momento certo o tempo certo
ji

 
At 25/6/07 23:53, Blogger Isabel said...

São palvras doces e pensamentos profundos, isto que nos deixas.

Bjt

 
At 26/6/07 00:06, Blogger Francieli Rebelatto said...

Que belo, que singelo e quão natural e bonito é este teu poema, que traz a magia do amor, do adorar assim de uma essência tão bela, tão pura...

Parabéns, e tenha uma ótima semana...beijos e cuide-se!!!

 
At 26/6/07 10:48, Blogger Crónica said...

Foste crónicamente nomeada pra 7 maravilhas da blogoesfera.

passa no Crónica pra te inteirares.

Jinhu

 
At 26/6/07 11:34, Blogger Branca said...

Retrato tão puro, tão belo, tão que tu aqui nos presenteias...
Por isso tudo tu trabalhas e colhes aquilo que és, que queres e esperas de outro alguém, não é?
(...)

Beijinhos e Boa Semana :)

 
At 26/6/07 17:40, Anonymous collybry said...

Sentimentos que brotam do ser...

Meu doce beijo

 
At 26/6/07 22:31, Blogger Entre linhas... said...

Como tudo na vida tem um momeno certo...
Bjs Zita

 
At 1/7/07 22:40, Blogger Nelson Ngungu Rossano said...

Bonita foto, aqui postas-te, e as palavras... bem as palavras são deliciosas, é mesmo esse o termo!

bj e boa semana!

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats