Serenidade

Sensibilidade...

19 junho 2007

...na procura de m(t)im

Tâmega... a companhia...
(Foto de Serenidade)


A saudade aperta o coração,
deixa-o bem pequenino,
sente-se encolhido no escuro,
esperando um manto de linho…

que afague, acaricie meu rosto,
no silêncio dos pensamentos,
na partilha dos sentires,
na delonga dos momentos.

Saudade de ti, na procura de mim,
que caminhas ao meu lado,
meu coração teu domicilio,
na saudade desmesurada.

Vivo-a, sinto-a, acarinho-a.
És tu na mais pura realidade,
longe do que possas ser um dia,
és o Sol, a Lua… na saudade.
"A expressão essencial do Amor
é o relacionamento"
John Powell

30 Comments:

At 18/6/07 20:01, Blogger Oficina dos Risos said...

"A ausência diminui as paixões medíocres e aumenta as grandes, assim como o vento apaga as velas, mas atiça as fogueiras!...

Nada como as tuas Serenas palavras para descreverem sentimentos tão profundos como a Saudade e o Amor...
O teu poema encaixou em mim...

Beijos e Risos... :)

 
At 18/6/07 20:03, Blogger Plum said...

Como entendo estas palavras!!!Abraços***

 
At 18/6/07 20:51, Blogger Alê Namastê said...

Ei, ainda estamos em 18/06...Pára tempo!
Beijos*

 
At 18/6/07 21:02, Blogger Papoila said...

Muito bonito este poema que falar do amor distante e da sudade. A ausência, a distãncia não a fazem esmorecer.
Beijo

 
At 18/6/07 21:44, Blogger MIGUEL GIRASSOL said...

belo

 
At 18/6/07 21:49, Blogger Crónica said...

É Serena esta saudade
que te traz o sabor da vida
é o que te envolve e te arrebita!

Adorei o poema... alías adorei o canto da serenidade!

John Powel disse mt bem dito, é sim o amor a cara o rosto acaba por ser a marca e a tatoo da relação esse sentimento que parece tão comum mas que é tão distinto!!!

Jinhuz Crónicos

 
At 18/6/07 22:40, Blogger Existe uma estrela no céu que ninguem vê senão eu! said...

Desafio a menina carla a vir ao meu blog ... :P

 
At 18/6/07 22:45, Blogger @zulebranco said...

A procura de m(t)im é algo que todos de uma forma ou outra sentimos, à procura de m(t)im é um retrato sui géneres do que vai do eu pro todo, e com que magia está desenhado nesse lindo e pragmático poema.....Não há dúvida que alma bonita desenha bem imagens de palavras....e muito mais....Por mim só tenho a agradece pois m(t)im é uma partilha de amor e com muito valor....Um sorriso amigo

 
At 18/6/07 22:52, Blogger brisa de palavras said...

A saudade... sempre a saudade...
que ás vezes doi!
um abraço
brisa de palavras

 
At 19/6/07 09:13, Blogger Lu@r said...

Vive em ti essa ausência que te faz escrever lindamente.

Beijo doce

 
At 19/6/07 10:21, Anonymous Secreta said...

A saudade , sentimento tão dificil de entender , de aceitar ...
Beijito.

 
At 19/6/07 11:40, Blogger Lana said...

Na serena simplicidade do amor, da saudade, da dor oculta nas palavras, envio-te um sorriso muito luminoso e lá estarei para te apoiar ... seja lá porque for!
Lana

 
At 19/6/07 12:23, Blogger Branca said...

A saudade faz-nos perceber quem e o que é realmente é importante para nós...
A saudade ensina-nos a valorizar aqueles que nos acompanham e aqueles que um dia o fizeram...
A saudade faz-nos crescer e ensina-nos, de certa forma, a amar...

Beijinhos e boa semana :)

 
At 19/6/07 12:53, Blogger Moura ao Luar said...

O amor é tanta coisa, chega a ser a saudade quando se está bem perto...

 
At 19/6/07 14:52, Blogger saturno said...

Olá querida serenidade!!

O amor é um sentimento lindo que enche o coração e a alma.
Espero que esse belo coração esteja cheio de amor para dar e sempre pronto a receber....


Beijinhos....até sexta :):):)

 
At 19/6/07 21:47, Blogger Bia said...

Um poema á saudade...
Saudade é talvez a "dor" mais dificil de descrever, porque o coração fica mesmo apertadinho...
beijinho

 
At 19/6/07 23:09, Anonymous su said...

São temas tão nossos, palavra que preenchem tão bem cada recanto da nossa alma que como o sal do mar, é nostálgica por essência.

Belíssimo.

:)

 
At 19/6/07 23:15, Blogger Isabel José António said...

Olá Amiga Carla,

Que bem descreve a saudade de te encontrares a ti mesma. Nessa ausência de quase nada, vive-se a vida por entre tantas dimensões e nos sacodem, de um lado para o outro.

Mas o timoneiro está sempre lá. Não deixa que a embarcação perca o rumo. Com ou sem saudade ele sabe bem qual é a rota que lhe levará o barco a bom porto.

Confia no teu timoneiro interior e navega.

Um grande abraço

José António

 
At 19/6/07 23:56, Anonymous tibeu said...

Gostei muito. Parabens

 
At 20/6/07 12:43, Blogger Joaquim Amândio Santos said...

na minha euforia calma, sorrio, pleno de saudades do meu futuro...

 
At 20/6/07 13:56, Blogger Espirito da Lua said...

Gostei ,,, esta muito giro;)

Bj Lua

 
At 20/6/07 15:36, Blogger Only me said...

Olá

A saudade é...inexplicável..mas aqui está bem explicito.

É duro sentir saudade, muito dificil...embora as vezes seja necessária fazemo-la sentir.

Gostei do teu espaço

Beijos grandes

 
At 20/6/07 18:44, Blogger pitanga said...

Adoro fotos assim. Entro por ela...

beijos

 
At 20/6/07 19:24, Blogger Miudaaa said...

A expressão essencial do Amor
é o relacionamento... e quantas e quantas vezes somos invadidos pela saudade dos que amamos de coração cheio.
eu costumo dizer com muita frequência, que ter saudades é bom, mas melhor que ter saudades é mesmo, mesmo MATAR SAUDADES!!!

AMEI o teu pensar... saudade de ti, na procura de mim...que caminhas ao meu lado... AMEIII.

Um Beijo da tua miudaaa

 
At 20/6/07 21:11, Blogger Maria Clarinda said...

Muito bonito...e a foto ficou optima com o texto.
Jhs.

 
At 20/6/07 22:35, Blogger Gilberto said...

Os seus poemas e a sua musica de fundo enchem-me!... Beijo

 
At 20/6/07 22:39, Blogger james said...

"és o Sol, a Lua… na saudade"

Lindo.

Um abraço.

 
At 20/6/07 23:23, Anonymous anne said...

A saudade dói, sei que sim, mas se há saudade, é porque foi tão bom. Ás vezes, tenho saudades de mim, do meu eu, então, quero ter-me por completo e saio largada por aí, em companhia minha. Mas também, tenho tantas saudades da minha mãe. Lindinha, deixo cá o meu beijo. Vai me ver, estou de casa nova, toda pintada e decorada, rsrs.
Bjussssss

 
At 21/6/07 21:58, Blogger Bruxinhachellot said...

És a magia transfigurada em suas palavras.

Beijos risonhos.

 
At 21/6/07 22:33, Blogger Nokinhas said...

Olá!

A saudade aperta o coração... pois é ... quando gostamos e ficamos longe... o nosso coração fica pequenino de tantas saudades que sentimos... dos bons momentos... das experiências trocadas... enfim...
Mais um belo poema...

Beijinho e fica bem!

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats