Serenidade

Sensibilidade...

30 junho 2010

De mão dada


(Foto de Serenidade)


Sonho em mim a tranquilidade desejada
sentida pela vida e pelo ser amado.
Sonho voar nas asas do vento
Ir a todos os corações no mesmo ensejo.
Devaneio na minha mente a idealização do concreto
nada que exista no exacto momento!
Meu coração diz-me que não,
que posso idealizar, pois terei tudo até num grão,
apenas tenho de semear as sementes almejadas,
cuidar delas com carinho, sendo muito amadas,
diz-me que terei o que lhes der,
eu sou tudo o que em meus sonhos aparecer.
Tenho a luz de tudo concretizar,
meu coração d´oiro feito para amar,
e, se alguém o aturdir com melancolia,
diz-me ele, que quem o motivou não é merecedor da minh’alegria.
Prefiro acreditar que me é dado para meu bem superior,
que amanhã estarei de mão dada contigo, amor.



“As pessoas realmente ligadas não precisam de ligação física. Quando se reencontram, mesmo depois de muitos anos afastados, sua amizade é tão forte quanto sempre.”
(Deng Ming-Dao)

2 Comments:

At 1/7/10 12:44, Blogger Zé Miguel Gomes said...

todos os grãos a ti

 
At 11/8/10 13:09, Anonymous IsaMar said...

REalmente o sentir...é uma grande ligação...
O sentimento é uma memória do espirito, do corpo e da mente que marca para sempre.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats