Serenidade

Sensibilidade...

06 novembro 2008

Uma partida - Uma chegada

(Foto de Serenidade)


Tu partiste
mas comigo ficaste!
Ele chegou,
no meu coração aportou.
A dor da partida é colossal,
o sentir da chegada abismal.
Amor que parte,
vida que se metamorfoseou,
amor que chega,
senda que alegremente se alterou.
Amo-vos! Sois meu Sol!
A estrela que, na distância, me protege.
O Sol, que nunca esmorece,
o esplendor que de mim emana,
na hora da partida e na chegada.
Abraço-vos com meu coração,
hoje é dia de felicidade e exultação,
na partida para o além,
pró meu coração, que o amor contém!



"Nem com milhões de moedas de ouro se pode recuperar um só instante da vida. Que maior perda, então, do que a do tempo desperdiçado?"

http://retalhosmaissentidos.blogspot.com/

6 Comments:

At 6/11/08 08:20, Blogger @zulebranco said...

Contigo aprende-se sempre um pouquinho, que lição deslumbrante, a sapiência, sensibilidade, generosidade e criatividade estão sempre contigo e o meu sorriso de sempre também..... (a propósito gosto dos Diva).

 
At 6/11/08 09:41, Blogger gaivota said...

uma partida, é sempre triste, com uma chegada, que se percebe boa...
é dia de felicidade, isso é que é!
bonito e plorido poema...
beijinhos

 
At 6/11/08 14:18, Anonymous Anónimo said...

"Abraço-vos com meu coração..."
Sente-me.
Um mimo

 
At 6/11/08 19:21, Anonymous Anónimo said...

Serenidade,
és minha!

 
At 7/11/08 11:57, Blogger Gleidston dias said...

Parabéns pela poesia lírica, as vezes é triste a partida, mas muitas vezes nela esta um bom recomeço.parabéns pelo cantinho belo aqui.big abraço!!!

 
At 8/11/08 14:43, Blogger Black Rose said...

As Rosas...

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats