Serenidade

Sensibilidade...

27 outubro 2008

Rio de emoções


(Foto de Serenidade)


Corre apressada. Sai da fonte,
investe no sabor da corrente,
rodopia nos meus braços,
beija meus lábios de frente.

Soltou-se na doce exultação,
acolhimento da contemplação,
formosura nos meus olhos aportada,
do sufoco em meu coração.

Queriam elas, serenamente, correr,
desleixadas atingindo minha face,
reprimidas, não rolaram,
na tua presença o interface,

entre a serena miragem do rio agitado
que galgaria rochas e pedregulhos,
e a certa evidencia do riacho límpido,
de lágrimas em que, aquieta, mergulho.

Sereno és, entre madrugadas desinquietas,
e as esperanças no pôr-do-sol depositadas.
És minha doce e constante alegria,
no alvoroço do rio agitado dos dias.

"Não existe um caminho para a Paz, a Paz é o caminho"
M. Gandhi

10 Comments:

At 27/10/08 18:47, Anonymous Anónimo said...

gosto de ti! pela simplicidade com que colocas as emoções em verso.

Que a serenidade reine sempre em ti, uma serenidade especial.

um abraço para ti linda, sónia

 
At 27/10/08 22:19, Blogger Menina do Rio said...

Pois que sejam sempre caudaloso e sereno apesar das pedras a agitarem as águas por vezes!

Um poema lindo!

beijinhos querida

 
At 28/10/08 08:44, Blogger @zulebranco said...

Olá hoje o dia começa com a força e a beleza das tuas palavras, começa bem sim senhor, obrigada poetiza...O meu sorriso de sempre

 
At 28/10/08 10:49, Blogger Secreta said...

Um rio de sentires , ora calmo, ora bravio ...
Belissimo.
Beijito.

 
At 28/10/08 14:46, Blogger Angel said...

...muito bonito e a vida é mesmo como riacho..grande poema..um beijinho grande cheio de Sonhos...

 
At 29/10/08 12:10, Blogger FERNANDA & POEMAS said...

Olá querida Serenidade, mais um belíssimo poema !... Parabéns !...
Beijinhos de carinho,
Fernandinha

 
At 30/10/08 12:44, Blogger impulsos said...

Esse rio
Em que te sinto
Corre suave...
Vejo-te sorrir
Sentada nas margens
Dos teus dias
Sempre iluminados
E é vida
Aquilo que te escorre dos dedos
Das tuas mãos delicadas
E aqui colocas na tua tela
Tão alva
Como a tua alma
Em cada novo dia...

Beijo

 
At 30/10/08 19:27, Blogger Multiolhares said...

o caminho como o rio deve deslizar limpido e tranquilo
beijinhos

 
At 31/10/08 16:35, Blogger Twlwyth said...

Há sempre um gesto que tranquiliza os dias, uma ponte que atravessa um rio revolto e límpido.

Beijinhos

 
At 31/10/08 17:54, Anonymous cõllybry said...

Como a vida,calma às vezes, também bem agitada...Que a Paz Te envolva, querida

Beijitos

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats