Serenidade

Sensibilidade...

01 novembro 2008

Amor e dor

(Foto de Serenidade)

Aperta a cor que me veste,
o sentir que a alma reveste.
Negra é minha brisa,
neste dia o céu frisa,
o nada que sou,
buscando a luz que abalou.
Diambulo sem propósito
procurando o incógnito,
a pujança do mar desafiando estimula
o fragmento, fragmentado numa gotícula,
que rola e logo se evapora
pela força do bem-querer do agora.
Preta é a cor da roupa que visto,
envolta num coração vermelho vivo,
repleto de força e amor,
num dia que atestado de dor.

"Se quiseres ser feliz por um ano, planta um jardim.
se quiseres ser feliz o resto da vida, planta uma árvore."
Provérbio Chinês

13 Comments:

At 1/11/08 01:30, Blogger Menina do Rio said...

Existe a rima: Dor e amor/amor e dor. E ambos se dão as mãos...
Um beijinho pra tu

 
At 1/11/08 11:01, Anonymous Anónimo said...

"envolta num coração vermelho vivo,
repleto de força e amor"


:)


vou plantar uma árvore!
beijinhos e abraçinho para ti, sónia

 
At 1/11/08 12:51, Blogger Angel of Light said...

Olá minha querida Serenidade!

Ando mais ausente, mas não me esqueço de ti, de todos vós. Estão no meu coração.

Que tristeza sinto nas tuas palavras... Espero que seja somente poesia sem um sentir verdadeiro para ti, se bem que é difícil isso para um poeta.

O dia de hoje, 1 de Novembro, não me diz nada. As pessoas dirigem-se aos cemitérios onde jaze, apenas e unicamente, matéria... transformada em pó, matéria essa que serviu para conseguirmos viver neste planeta. A nossa verdadeira essência, essa, está bem viva, noutras dimensões. Mas compreendo e respeito as atitudes e costumes das outras pessoas.

Cobro-te de violeta, verde e rosa para esse preto desaparecer de vez...

Beijinhos de Amor, Paz e Luz!

 
At 1/11/08 21:45, Blogger Sei que existes said...

Lindo poema acompanhado por uma bela foto.
Beijocas grandes

 
At 1/11/08 23:13, Blogger gaivota said...

uma foto linda ao mar transparente no meio dos rochedos...
amiga, já plantei flores e outras plantas para jardinzinhos familiares...e já plantei árovores sim senor!
sigo esperando as votas da vida qté ao fim...
beijinhosssssssssssss

 
At 2/11/08 00:43, Blogger Maria said...

Deixo-te um abraço...

 
At 3/11/08 08:18, Blogger @zulebranco said...

sorriso grande para ti

 
At 3/11/08 10:00, Blogger Carol said...

Que esse preto dê lugar a cores mais vibrantes e alegres...

 
At 4/11/08 11:14, Blogger José Miguel Gomes said...

Ainda assim, acredito em algo acima da dor e do amor ;)

Fica bem,
Miguel

 
At 4/11/08 15:57, Blogger Twlwyth said...

És uma força da Natureza que traz luz à poesia. És noite e és dia.

És carinho nas palavras que deixas.

Espero que hoje o dia seja de amor.

Beijo doce

 
At 4/11/08 18:05, Blogger ลndreia said...

Há sempre um dia assim... *

 
At 4/11/08 22:20, Blogger em azul said...

E o que é importante é o interior... vermelho vivo!

Um abraço
em azul

 
At 5/11/08 17:52, Blogger Pinipom said...

beijo solto

nao tenho palavras pra comentar este belo poema

aqui sente-se poeta

Lira

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats