Serenidade

Sensibilidade...

27 janeiro 2008

Louca é tua ausência

(Foto de Serenidade)



Louca, vagueio entre a espuma nas esférulas dos sentires.
À deriva. Com bússola orientando meu norte,
transponho a bruma, obstinada, falaciosa no sorrir.
As gotas de orvalho aportam,
pergaminho remanesce enrugado,
consumido por caligrafias que se atropelam,
letras conjugadas numa pronúncia soluçante,
enegrecem o que almejam brilhante.
Alienada estou, na distância do teu corpo,
cercada, impregnada, na sublime afeição.
Deambulo entre os canastros por cortesia,
iludindo com sorrisos o pobre coração.
Louca, antecipo a noite,
adormeço aligeirando o alvorecer,
sonho com a leveza da luz do dia,
esperando, no crepúsculo,
em teus braços adormecer.
Louca, nos dias que insistem em dilatar,
alio letras, com minha muda voz,
inscrevo, a cloreto de sódio, o débil caminhar,
calcorreando a calçada que teima em dilatar.
Pergaminho amarrotado, bem delineado,
permanece na loucura de albergar o fado,
inquieto no mirar o desejado, determinado,
anseia a reprodução, visualizar a união.
Loucura do Amor em acção,
representação do nosso estimar,
que as montanhas reverenciam,
as gotas do oceano glorificam.
Comunhão vivida, bússola singular,
ostenta a pujança dignificante do nosso amar.





"A luz nasce igual para todos, uns vêem-na, outros há que a negam e ainda há os que a rejeitam."
Carla

35 Comments:

At 27/1/08 12:31, Blogger Mádá said...

Carla querida, é sempre um prazer enorme a visita ao teu blog. Deixo-te muitas beijocas Amigas.
Mádá (Cantinho dos Anjos)

 
At 27/1/08 14:34, Blogger Carol Barcellos said...

"...nos dias que insistem em dilatar". Eu me identifiquei muito com essa frase. E amei, claro, todo o poema. Por coincidência, lá no meu blog, escrevi sobe a ausência tb. Eu gosto muito de ler quem escreve tão bem sobre o amor, como vc! Cheguei agora e já gostei!!! Pq não cheguei antes? :0S

Beijos doces cristalizados, vindos do outro lado do oceano!!!

 
At 27/1/08 16:21, Blogger Kalinka said...

Olá Serenidade

Huuuuummmmmmm, sabes que tenho uma foto tirada por mim neste lugar, sei muito bem onde é(Luso)...

Voltei às letras do Alfabeto...e, não escrevi nem metade do que me veio à cabeça...pois, mesmo assim o post ficou longo, não é que me agrade, mas tinha que escrever sobre Jodie Foster, Jamaica, João Pedro Pais, etc...peço desculpas...
sei que muitas das vezes não há tempo para ler posts longos, mas por isso mesmo é que o coloquei num sábado, quando penso haver mais tempo para alguma leitura mais aprofundada.
E...não me referi aos «Jardins Proibidos» de Paulo Gonzo e Santos & Pecadores - música que gosto imenso!!!

Bom domingo.

 
At 27/1/08 22:20, Blogger Papoila said...

Lindo........... espero que a Luz ilumine sempre assim o teu caminho

Beijocas
BF

 
At 28/1/08 00:51, Blogger Kapikua said...

a tua foto é linda e cenário idílico para nos deixarmos levar pela loucura!

beijo doce

 
At 28/1/08 08:33, Blogger @zulebranco said...

Bom dia,
Passei por aqui, li, por momentos fiquei meditando na prosa no pensamento sempre filosófico e positivo que te acompanha e sempre me deixei embalar por essa suavidade de uma ingenuidade tão pura quanto generosa de que "O sol quando nasce é para todos".....Sorriso grande para ti

 
At 28/1/08 15:10, Blogger Reflexos said...

Magnifico este poema é o poeta no seu melhor
que a luz ilume o teu caminho e o de muita gente
BJ nao deixes reflexos

E TEM UMA IDA XEIA DE REFLEXOS

 
At 28/1/08 16:52, Blogger Menina do Rio said...

E nessa ausência louca transponho a bruma e adormeço sonhando com a leveza do dia...

Um poema belo!

Um beijinho de boa semana

 
At 29/1/08 14:28, Blogger Sombras de Fim do Dia said...

A luz nasce igual para todos, uns vêem-na, outros há que a negam e ainda há os que a rejeitam."


SEM SOMBRAS DE DÙVIDA!

 
At 29/1/08 15:59, Blogger Vilinha said...

muito belo...


e olá... depos de muito tempo (:

*

 
At 29/1/08 17:01, Blogger Secreta said...

Loucura saudável essa do amor!
Beijito.

 
At 29/1/08 18:02, Blogger su said...

Parece uma autêntica elegia, de tão lindo que é...o poeta não é aquele que deambula entre o ser e o não ser, entre a loucura e a sanidade, procurando não sei o quê entre a brevidade e a eternidade?1 Todos os caminhos lhe parecem dúbios mas sabe que não tem mais nada para percorrer...
Lindo, mais uma vez.

Beijos em fio aqui da Teia.

 
At 29/1/08 19:28, Blogger arturibeiro said...

"se uma alma fosse e nunca ficasse, nunca um amor tinha de quem se lembrasse" beijinho e boa semana.

 
At 29/1/08 21:17, Blogger Betty Branco Martins said...

Querida Carla






______________cheguei!!!
agora é só_____um olÁ:)



e_________de todo coração__________




agradecer____________a visita na minha ausência


____________voltarei mais tarde
para ler e_____________comentar





beijOs com carinhO

 
At 29/1/08 21:25, Blogger Sandra Daniela said...

... A ausência e oAmor, têm dias que nos deixam assim... e em ti surgem-te estes belos poemas!!! :-)))

 
At 29/1/08 21:52, Blogger Obscuridade Translúcida said...

Muito belo...

 
At 29/1/08 22:06, Blogger ♥≈Nღdir≈♥ said...

O tempo tomou conta da minha vontade… corre veloz ao sabor do vento…
Contudo… mesmo num desejo rápido, estou aqui… nem que seja apenas para desejar uma boa semana.
E parto… de novo sem promessas, porque não sei quando me será permitido voltar, fica então a vontade de regressar, um dia destes quando o tempo permitir…
Que fique o meu beijo e que dure pelo momento de ausência no espaço de um até breve.
Nadir

 
At 30/1/08 00:02, Blogger A. Marinho said...

Também já andei perdido pelo local da foto...
Local singular, natural e belo
um beijo de saudade

 
At 30/1/08 15:46, Blogger Plum said...

I love the light!!!!
Adorei a foto!Abraços!***

 
At 30/1/08 20:33, Blogger multiolhares said...

Cada um tem a sua própria
Bússola que leva de encontro ao seu caminho
Que por vezes se desvia da luz

Beijinhos
luna

 
At 31/1/08 14:12, Blogger saturno said...

Olá!!

Acho incrível a capacidade que tem de expressar os sentimentos e emoções.
Aproveite bem esse maravilhoso dom...

Beijinhos!!

 
At 31/1/08 15:57, Blogger O Profeta said...

Fabuloso...belo...intenso...saudoso...!


Os pesares dividem as marés
A idade do ouro ainda tarda
Os anos passam como gotas varridas
Por um tempo que retrata o nada


Convido-te a saborear um absinto no meu espaço
pela Taça de Fino Ouro



Mágico beijo

 
At 31/1/08 18:16, Blogger Silvia Madureira said...

Tens no meu blog um post de extrema importância.

beijo

 
At 31/1/08 18:30, Blogger suruka said...

Olá CARLA

Cheguei cá por acaso,
e vejo que tens um BLOG interessante.
Voltarei com mais calma para ler-te.

bj

 
At 1/2/08 01:05, Blogger Lira said...

olá! desculpa a minha ausencia sei que sou desnaturada ,mas esta semana foi muito agitada pra mim o tempo correu mais depressa do que eu queria!

adorei este poema é um pouco diferente do que estou habituada a ver-te escrever, apesar de te conhecer á pouco tempo :D ! mas gostei apesar de mostrar grnade sofrimento e dor! como gostaria de poder mudar em isso!

Aqui fica um beijinho de força par alguem que eu adoro e me revejo !

beijinhos com sabor a palavras soltas :D e doces melodias

 
At 1/2/08 15:46, Blogger Secreta said...

Bom fim de semana!
Beijito.

 
At 1/2/08 16:17, Blogger impulsos said...

Serenamente chego ao teu templo de poesia, onde me sinto tão pequenina, perante a grandiosidade dos teus poemas, sempre lindos , sempre tão cheios de significados.
É um prazer ler-te, querida amiga serenidade!

Beijo

 
At 1/2/08 17:31, Blogger Divinius said...

Bom amar esse...
RESPIRA A LEVEZA QUE VIVE EM TI...
SOLTA TODA A BELEZA DO TEU OLHAR...
SOLTA TODA A BRANCURA DA TUA TERNURA...
SOlTA NA ÁGUA PURA DO MAR...
Um kiss*

 
At 1/2/08 19:17, Blogger Twlwyth said...

Nem a bússula mais precisa nos orienta nos loucos trilhos do Amor.

Bom fim de semana.

 
At 1/2/08 23:47, Blogger Girafa cor de rosa said...

Caramba que forte! AS tuas palavras marcam a ferro e fogo! Muito bom! Bj e bom fim de semana.

 
At 2/2/08 00:56, Blogger Branca said...

Olá amiga :)

Apesar da minha ausência temporaria sempre que ouvia algo sobre o Porto lembrava-me do passeio que à muito foi prometido e ainda não foi realizado...
Devia ter vergonha! Digo em a mim mesma por não arranjar um tempinho... :(

É verdade, a luz nasce igual para todos mas é vivida de forma distinta por cada um de nós, por isso é que somos seres únicos...
Não é assim?!

Beijinhos e bom fim-de-seman :)

 
At 2/2/08 20:13, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

Sorry, sorry, sorry... mas não deu para vir antes...

Então, minha querida amiga, mas o que é isto?

Ém um poema fabuloso, como sempre bem construido, como só tu sabes fazer, desta maneira....
...mas fico triste por ver que não é um poema alegre. Já sabes a minha opinião sobre isso.

Louca...à deriva...alienada....
(Está tudo certo dentro da obra poética...)

O fim em crescendo vai ter comigo...

Gostei muito de te ler.

A foto conheci-a de imediato.
O teu pensamento com princípio, meio e fim.

Beijinhos** com carinho.
(Aparece...)

 
At 2/2/08 20:25, Blogger Maçã com Canela said...

Já aqui estive...
(momentos.. recordações passadas... não tão más como as pinto mas... o tempo passa.. evoluimos... e pessoas que entraram na nossa vida em tempos... assim como entraram também sairam...)
Desculpa.. mero desabafo ao olhar a foto...
Vim deixar-te um beijo meu...
Estou sempre por aqui.. ainda que por vezes pareça distante!

Aromas !

 
At 2/2/08 23:26, Blogger Kalinka said...

Olá Carla
Convido-a a ler sobre a minha terra:
...Aproximei-me do stand de Moçambique, não conhecendo ninguém embora estivesse imensa gente, a minha atenção foi dirigida para a parte musical, vi estes
«batuqueiros» dando música ao povo e ali fiquei impregnada dos sons da minha terra.

A música jovem de Moçambique contém vários estilos musicais, dentre os quais Marrabenta, Hip-Hop, Passada, R&B e Dzukuta.
Há uma que me acompanha sempre: Orchestre Marrabenta - Elisa Gomara Saia
Na origem, a marrabenta é tocada em acústica por um cantor masculino acompanhado por um coro de mulheres. Hoje em dia instrumentos modernos foram introduzidos. Ao longo dos anos, a marrabenta tornou-se um símbolo cultural nacional e uma referência forte.

Bom fim de semana de Carnaval.
Abraços envoltos em serpentinas.

 
At 10/2/08 00:43, Blogger My self said...

Acho que este blog é uma boa conjugação de boa escrita e óptimas fotos...completam-se, de facto! Os meus parabéns e voto de um óptimo domingo.
Bj

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats