Serenidade

Sensibilidade...

11 janeiro 2008

Lenda ondulante

(Foto de Serenidade)

Palavras tuas voam ao meu encontro,
tocam o silêncio da minha inútil dor,
na noite da tua remota ausência,
fantasio estéreis sentenças de louvor.

As letras que nos unem perduram,
num tempo sem tempo para existir,
distante está o pergaminho inscrito,
proclamando brilhante júbilo do devir.

Perduram as pontes apartando os corpos,
unem a contínua loucura da fantasia,
construída por milhafres sobrevoando,
sereno mar que me abonava de harmonia.

As gotas unidas no enorme tapete ondulante,
unem na lonjura insanas armaduras,
afronto o perdurar da mágica aliança,
inundando o oceano aparentes doçuras.

Volto ao ventre do início do hibridismo,
água melosa, salgada, abundante,
circulou meus pés, no meio das letras,
alinhou a lenda que perdura brilhante.


"É sempre sinal de força dizer as coisas gentilmente, e é sempre a fraqueza que explode em indelicadezas."
A. M.

27 Comments:

At 10/1/08 22:36, Blogger Joseph said...

Carla
Olá

Estou metido numa embrulhada...
Como comentar este poema, lindo na feitura e no conteúdo, mas cheio de nós que me torcem os neurónios, para conseguir discernir correctamente o significado dos versos, das quadras, do poema em si!?

Olha. É lindo, repito.
Fico-te a dever um comment com mais objectividade.

...Unem a contínua loucura da fantasia...!

Bom pensamento.

Beijinhos serenos, querida amiga ;)

 
At 10/1/08 23:07, Blogger Maçã com Canela said...

Carla Serenidade...
Como é bom rever-te... tinha saudades...
Alguém que em tempos não passava sem te ler ;)

Palavras lindas.. como sempre!

Um beijo!

 
At 10/1/08 23:36, Blogger Maçã com Canela said...

Dá um saltinho ao mail ;)

Beijinhos linda!

 
At 11/1/08 02:45, Blogger FM said...

Escolheste bem o nome do teu Blogue... Parabéns pela serenidade...
Deixo-te Essências de Luz

 
At 11/1/08 08:41, Blogger @zulebranco said...

As palavras que voam ao teu encontro pela vida dentro da possível distância ou proximidade quem sabe? serão sempre quentes ou fantasiosas depende de quem e para quem.
Na tua graça e virtude desenhas e bem o que te vai dentro, numa dádiva insuperável de partilha que só os anjos podem ser.
Bem hajas...Um sorriso para ti...

 
At 11/1/08 11:26, Blogger Secreta said...

Um poema belissimo, que nos encanta.
Beijito.

 
At 11/1/08 11:27, Blogger Lívio said...

Bonitas palavras...
Concordo inteiramente com a frase de A.M.

Sereno 2008

 
At 11/1/08 20:12, Blogger Black Rose said...

Este poema descreve aquela sensação única da água do mar a tocar-nos nos pés descalços quando ao lado dele passeamos com a pessoa amada...

 
At 11/1/08 20:39, Blogger multiolhares said...

A agua tranquilidade
No magico viver
Beijinhos
luna

 
At 11/1/08 23:11, Blogger Professorinha said...

E quão difícil é ter sinais de força hoje em dia...

Hoje foi um dia em que tive que ter muitaaaa força...

Beijinhos

 
At 12/1/08 00:28, Anonymous Anónimo said...

Olá serenidade,
nem calculas como eu concordo com esta frase!
Infelizmente muita gente concorda com ela mas não reconhece a sua profundidade e não a pratica.
Enfim um desabafo de um coração magoado com as indelicadezas das pessoas...

Muitas saudades
Bjs
M.

 
At 12/1/08 07:58, Blogger arturibeiro said...

mais uma vez vou embora deste teu cantinho, vou satisfeito! Palavras Lindas!!!!!!! Tudo de bom.

 
At 12/1/08 11:24, Blogger serenidade said...

Este comentário foi removido pelo autor.

 
At 12/1/08 11:29, Blogger Reflexos said...

O verde traz
a harmonia.
O amarelo
a alegria.
Com este poema
uma grande fantasia
que perdura na realidade.

BJ e ABC de REFLEXOS

 
At 12/1/08 16:34, Blogger Desambientado said...

A ondulação pelas tuas palavras encontra-me e bate forte, desperta-me o coração de milhafre.

Lindo poema.

Bom fim-de-semana.

 
At 12/1/08 17:02, Blogger oceanus said...

...é sempre maravilhoso ler o que tu escreves...

um bom fim de semana.

bjs do fundo do Oceanus

 
At 12/1/08 17:33, Blogger su said...

As palavras são grandes pontes que se sustem nos alicerces de alma a alma...preenchem os espaços vazios daqueles que sentem e precisam sentir...E a magia assim acontece como as tuas palavras que nos deixas.
Um beijo e bom fim-de-semana aqui da Teia.

 
At 12/1/08 21:54, Blogger Entre linhas... said...

Um poema que coincinde na perfeição com o nome do teu blog,a senreidade e a boa harmonia reinam por aqui.
Bom fim de semana
BJs Zita

 
At 13/1/08 13:05, Blogger Maçã com Canela said...

Obrigada pelas palavras bonitas deixadas no meu cantinho!
As coisas que dizes eu sei-as bem e por isso as compreendo... A persistencia continua... (à muito tempo) e é assim que continuarei... porque sei que não luto sozinha... luto lado a lado! E esta música faz-me sorrir... faz parte desta caminhada!
Obrigada mais uma vez serenidade...
Ler-te deixa-me serena!

1 grande beijo em ti

 
At 13/1/08 13:56, Blogger * Ju * said...

cheia de verdade a frase que escolheste... como todas, aliás :)
espero que 2008 também te esteja a abençoar com tudo de bom...
beiju enorme minha linda*
saudade...

 
At 13/1/08 14:21, Blogger Joaquim Amândio Santos said...

encanto da espuma dos ventos,
desejo da saliva do mel...

 
At 13/1/08 14:51, Blogger Menina do Rio said...

Como estive sem PC desde antes do Natal; hoje eu só passo pra dizer que aos pouco vou colocando minhas visitas em dia e, na medida do possivel irei lendo e comentando.
Deixo o meu beijo e desejos de um ótimo domingo, além dos votos de um Ano Feliz!
Com carinho,
Menina

 
At 13/1/08 14:51, Blogger Menina do Rio said...

Como estive sem PC desde antes do Natal; hoje eu só passo pra dizer que aos pouco vou colocando minhas visitas em dia e, na medida do possivel irei lendo e comentando.
Deixo o meu beijo e desejos de um ótimo domingo, além dos votos de um Ano Feliz!
Com carinho,
Menina

 
At 13/1/08 19:14, Blogger Sandra Daniela said...

há as palavras silenciosas que so a Alma entende!


Bonito poema!!!

 
At 13/1/08 21:30, Blogger Gerlane said...

Teias de versos minuciosamente construídas pela inspirações dos mais genuínos sentimentos.
Belo este poema e, bela foto!

Abraços!

 
At 13/1/08 22:52, Blogger littledragonblue said...

Saber ser gentil num mundo onde a indelicadeza reina, é certamente prova de que sabemos viver com alegria e harmonia.

Um beijinho meu

littledragonblue

 
At 14/1/08 14:17, Blogger Plum said...

Ondulante e belo como o mar!***

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats