Serenidade

Sensibilidade...

19 julho 2007

Morri...Nasci


(Foto de Serenidade)


Morre-se e nasce-se
num ritmo alucinante,
Ciclos de vida.
Ciclos de fadiga.
Felicidade ambicionada
na procura do sentido do dia,
que é, foi e será vivido.
Em cada dia reside
o escuro, do branco Inverno,
a Primavera no (re)criar,
na concretização o Verão,
no Outono a meditação.
Morre-se e nasce-se a cada instante.
Cada dia, nova vida!
Da vida que sempre foi,
sempre será sentida,
e para a eternidade vivida.
Deixar fluir,
aceitar a mudança,
o segredo da felicidade,
nos intermináveis ciclos
da concretização da Vida.
"Não é olhando a luz que nos tornamos luminosos,
mas mergulhando na nossa escuridão.
Mas este trabalho é frequentemente desagradável
e, por isso, impopular."
Carl G. Jung

33 Comments:

At 19/7/07 00:30, Blogger Som Do Silêncio said...

Tudo na vida é feito de renovações.

De coisas que acabam,

Outras que começam...

Quando puderes vai levantar um mimo lá no meu canto, uns grelos frescos :D

Uma Beijoka

 
At 19/7/07 08:40, Blogger @zulebranco said...

Bonitas palavras, intensa reflexão...As únicas coisa certas na vida são a mudança e a morte o resto, mais ninguém sabe, a procura de melhor é ambição natural do homem...a felicidade....tem dias....Um sorriso grande para ti

 
At 19/7/07 10:14, Blogger Juℓi Ribeiro said...

Querida amiga:

Esta tua foto está maravilhosa!
Não existem palavras
que a descrevam.
Quase pude tocar a "cortina"
verde" que antecede a estrada...
Teu texto belíssimo
serve de moldura perfeita
ao teu talento e sensibilidade.
Parabéns amiga!
Um abraço carinhoso.*Juli*

 
At 19/7/07 12:23, Blogger brisa de palavras said...

Na vida temos de deixar fluir, não sei se se morre, ou se renova a energia, ou e acredita noutro viver...
um abraço
brisa de palavras

 
At 19/7/07 13:11, Blogger Kalinka said...

BELA POESIA.
Muito obrigado pela partilha.

Cheguei ao post n� 300. Tamb�m eu me surpreendo, quem diria!
Quero agradecer-te e a todos que contribu�ram com as visitas, as palavras e os incentivos para eu continuar aqui, no meio de todos v�s.
Acho que ainda sou capaz de sonhar.

A noite
caiu sem manchas e sem culpa.
Os homens largaram as m�scaras de bons actores.
Findou o espect�culo. Tudo o mais � arrabalde.
No alto, a ut�pica Lua vela comigo
E sonha coalhar de branco as sombras do mundo.
Um palha�o, a seu lado, sopra no ventre dos b�zios.
Noite! Se o espect�culo findou
Deixa-nos tamb�m dormir.
E...
ASSIM RELEMBREI FERNANDO NAMORA.

Beijitos.

 
At 19/7/07 13:21, Blogger impulsos said...

Mais uma belíssima reflexão daquilo que somos e do que ainda poderemos ser!...

Outro beijo

PS. A cleo ali de cima, sou eu...
Esqueci-me de mudar o loguin

 
At 19/7/07 15:36, Anonymous Secreta said...

Por vezes precisamos morrer para de novo nascer, para aprender aceitar as mudanças !
Beijito.
Bom fim de semana.

 
At 19/7/07 17:12, Blogger Plum said...

Renascer sempre!!!Abraços!***

 
At 19/7/07 19:25, Blogger rosa dourada/ondina azul said...

É o ciclo da vida, minha Amiga !

Beijinhos, para ti,

 
At 19/7/07 19:27, Blogger Bia said...

ternas e sábias as tuas palavras, serenas como tu... focam o essencial o nosso renascer a cada dia, há sempre um virar de página e um sol há nossa espera.
Não posso deixar de te dar também os Parabéns pel afrase que nos deixaste, chega a ser cruel... :) pois nela percebemos o quanto superficiais por vezes somos acerca do nosso verdadeiro "eu".
Um beijo meu

 
At 19/7/07 20:34, Anonymous anne said...

Ainda bem que é assim. Deixar a vida fluir, seguir as ordens do coração e assim a vida não cansa tanto. Lindo esse refletir, bela imagem tb. Beijo doce.

 
At 19/7/07 22:16, Blogger mysticdream said...

Musica divinal...bjs...uma estrela um sonho..........*

 
At 20/7/07 00:15, Blogger oceanus said...

Todos os dias morre um pouco de nós para logo a seguir renascer algo novo...
tantas vezes quantas as necessárias... tantas vezes...

beijinhos bem do fundo do Oceanus

 
At 20/7/07 04:31, Blogger poca said...

o segredo da felicidade é aceitar que a sensação máxima de felicidade não é uma constante.
poderemos avaliar se fomos ou não felizes se olhando para trás, os pequenos salpicos de felicidade compensaram o resto daquilo com que é feita a vida..
acho que compensa sempre.. acho.

 
At 20/7/07 07:58, Blogger vagabundo said...

em "kopposletras.blogspot.com" pintei a minha vida.
"fiz-me poeta pintor"
vai ver o sentido da vida.

a tua eternidade está na tua poesia.

gosto muito.

 
At 20/7/07 08:03, Blogger vagabundo said...

enganei-me. é no "alcool...".
"vida coloridda".

 
At 20/7/07 09:45, Blogger Lívio said...

o segredo...cada um terá o seu!
é preciso encontrá-lo.
Viver cada dia.
Bonitas as tuas palavras!

 
At 20/7/07 18:15, Blogger * White Roses Princess* said...

bem verdadeiro, como a vida... é mesmo assim... há que encarar as suas coisas más e boas q ela tem..

bom texto**************

gostei do teu cantinho******


*White Roses Princess*

 
At 20/7/07 20:12, Blogger * Ju * said...

e é mesmo a morrer e nascer a cada instante que se aprende a viver...

espero ter uma semana so para viver... viver muito, viver tudo, e vivê-LO...

até ao meu regresso, uma óptima semana semana para ti*
espero que esteja tudo bem :)

P.S. Quanto ao teu pedido, não me esqueci :) mas estão a construir e abrir muitos prédios ao pé do s.joão. é uma questão mesmo de ir lá e ver como são. mas tem muitos, e os preços costumam ser muito acessiveis. qualquewr coisa que possa ajudar já sabes ;)

beiju enorme minha linda**
ah, adorei a música... :D e as fotos estão cada vez mais bonitas... :)

 
At 20/7/07 20:25, Blogger Professorinha said...

As pessoas procuram atingir a luz da forma mais fácil. É difícil mergulhar na nossa própria escuridão, assusta!

Adoro as tuas fotos :)

 
At 20/7/07 23:58, Blogger ♥≈Nღdir≈♥ said...

., . - . - , _ , .
.) ` - . .> ' `(
/ . . . .`\ . . \ Ofereço uma rosa
|. . . . . |. . .|
. \ . . . ./ . ./
.. `=(\ /.=` toda perfumada
.... `-;`.-'
......`)( ... , para aromatizar
....... || _.-'|
........|| \_,/o teu Fim de Semana...
........|| .*´¨)
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` *
*´¨) мιℓ вєιנoѕ♥*♥
¸.•´¸.•*... ¸.•*¨)
(¸.•´ (¸.•` **♥*♥

 
At 21/7/07 00:30, Blogger Francieli Rebelatto said...

Sim, uma linha tênue entre morrer e renascer, mas uma linha necessária para que constantemente possamos reviver bonito, tranquilo e poético nos passos da vida.

Beijos e te cuida!!

 
At 21/7/07 11:16, Blogger Miudaaa said...

Morre aquele que nao perceber que todos dias nasce, que todos os dias morre. Todos os dias nascem connosco novas ideias, novos quereres, novos sentires novas descobertas.

Bom Fim de Semana, minha Amiga!
um beijo da miudaaa

 
At 21/7/07 21:48, Blogger Oficina dos Risos said...

A vida revela-se ao mundo como uma alegria. H� alegria no jogo eternamente variado dos seus matizes, na m�sica das suas vozes, na dan�a dos seus movimentos. A morte n�o pode ser verdade enquanto n�o desaparecer a alegria do cora�o do ser humano.
(Tagore, escritor indiano)

Estou de volta, ainda que temporariamente... mas n saio daqui sem te deixar um beijo grande cheiiinho de saudades mil...

 
At 21/7/07 21:50, Blogger Oficina dos Risos said...

A vida revela-se ao mundo como uma alegria. Há alegria no jogo eternamente variado dos seus matizes, na música das suas vozes, na dança dos seus movimentos. A morte não pode ser verdade enquanto não desaparecer a alegria do coração do ser humano.
(Tagore, escritor indiano)

Estou de volta, ainda que temporariamente ;)
Mas não saio daqui sem te deixar um beijo enorrme carregadinho de saudade

Beijos e Risos... ;)

 
At 21/7/07 22:33, Blogger DE-PROPOSITO said...

A concretização da própria existência!... E será que conseguimos mesmo concretizar os anseios? Ou tudo não passará de doces ilusões (doces é muito bom, o pior é quando são amargas).
Fica bem.
Um beijinho para ti.
Manuel

 
At 21/7/07 23:21, Blogger sonhadora said...

Vive a vida com paixão. Ama, beija, dá-te.
Beijinhos embrulhados em abraços

 
At 22/7/07 02:43, Blogger Bruxinhachellot said...

A cada ciclo a vida se recria. Muito belo seu poema. Belo e verdadeiro.

Beijos de amigo.

 
At 22/7/07 02:44, Blogger Bruxinhachellot said...

A cada ciclo a vida se recria. Muito belo seu poema. Belo e verdadeiro.

Beijos de amigo.

 
At 22/7/07 12:05, Blogger littledragonblue said...

A Vida não existe sem a Morte.
Por vezes temos de morrer no passado para podermos viver melhor no futuro.
Gostei das tuas palavras.
Um beijinho e votos de uma boa semana

 
At 22/7/07 19:14, Blogger Ninas said...

O próprio dia é um ciclo de vida. Mudo da manhã para a tarde e da tarde para a noite.

Bjs

 
At 22/7/07 23:23, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

Se frequentemente olharmos para a nossa escuridão (interior) conseguimos detectar os nosos erros e tornarmo-nos melhores! Muito mais luminosos!!!
Gostei da tua frase!!!

Um beijinho Carla pelas tuas passagens no meu cantinho!!

=^.^=

 
At 22/7/07 23:58, Blogger Mádá said...

Passei pelo teu sereno cantinho para te deixar beijocas.
Obrigada pelas tuas visitas e comentários.

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats