Serenidade

Sensibilidade...

29 dezembro 2006

Ser de Luz


Voar…no vento… sopro divino
Lá… nossos mundos se unem,
se completam e complementam.
Unos… renasceremos… Num…
Ser de luz
Ah escuridão impeditiva da concretização,
da mártir sorte escolhida…
por nós… por mim???
Divina providencia!
Realizarei minha sentença.
Com as pedras do caminho
construirei o castelo pra princesa
repousar… reinar…e se refugiar
das intempéries que advirão
do mais cruel dos seres…
Protegê-la-ei.
Até minhas forças sucumbirem
e destruída,
pelas forças maléficas que me corroerem,
deixá-la-ei ao sabor da correnteza
de um rio de sinuosas margens,
ondulação astuta,
destino exacto…
a Luz!

10 Comments:

At 29/12/06 06:01, Blogger arturibeiro said...

no beiral de 2007:

www.5-essencia.blogspot.com

saudações

 
At 29/12/06 10:45, Blogger Clife said...

(: a Luz... sempre!

Que tenhas Um Feliz Ano Novo!

[Abraçando-te]

 
At 29/12/06 12:28, Blogger o alquimista said...

Após em interegno obrigatório chego na saudade e deixo-te um sortilégio para iluminar o caminho até ao Alquimista onde te espero com ternura...

Mágico beijo

 
At 29/12/06 12:37, Anonymous Jofre Alves said...

No Minho temos um ditado popular que diz que «maior é o ano que o mês», por desejo a maior felicidade para o ano 2007.

 
At 29/12/06 17:05, Blogger Juℓi Ribeiro said...

Querida amiga:

Receber sua visita é sempre uma alegria. Fico emocionada com suas lindas poesias, repletas de sentimentos doces e ao mesmo tempo fortes! O mundo precisa de mais poetisas como você, para aquecer os nossos corações, pois as pessoas parecem que congelaram os sentimentos...

Vim te deixar um mimo, simples mais de todo o meu coração.

"SONETO DA RETROSPECTIVA"

Que este ano que termina simplesmente não resuma
Todas os abraços, boas ações e fraternidade desta vida.
Que possamos sentir duas almas numa.
Que nossa felicidade seja repartida.

Que a força que nos sustenta permaneça unida.
No novo tempo que virá sem dúvida alguma.
Que sejamos a primavera que alegra e perfuma.
Que nossas mãos possam, consolar cada lágrima vivida.

Que nossos olhos possam ver o sofrimento alheio
De alguma forma amenizar a dor daquele que sente
O desespero da solidão, a falta do pão, o receio...

Que o perdão brilhe como as estrelas eternamente
Que todas as mães possam acalentar seus filhos no seio
E que todos os filhos lembrem que são filhos do salvador onipotente.

(Juli Ribeiro)

FELIZ 2007! PARA VOCÊ, SUA FAMÍLIA E AMIGOS!
Um abraço no coração*Juli*

 
At 29/12/06 18:01, Blogger blugaridades said...

Que o Ano Novo te traga tudo de bom quanto a vida contém.
Beijinhos

 
At 29/12/06 18:01, Blogger blugaridades said...

Que o Ano Novo te traga tudo de bom quanto a vida contém.
Beijinhos

 
At 29/12/06 18:18, Blogger Lana said...

Olá serenidade serena
neste dia especial em que o teu post é mais um lindissimo convido-te a ires ao meu blog por 2 segundos.
1 sorriso luminoso e até breve.
lana

 
At 30/12/06 14:32, Blogger Ghandy said...

Que se faça luz nessa tua alma, por vezes perdida, por vezes encontrada...
Bjs

 
At 2/1/07 23:28, Blogger IsaMar said...

Belo poema..belas palavras...
Seria tão bom voar...sermos donos do mundo...dos dias, das noites...e poder transformar nossos desejos...acender a nossa noite...e construirmos uma vida melhor, mais clara e concretizarmos os nossos sonhos.
Ás vezes a força da vida é uma margem grande ...
Mas um dia terás uma Luz...um sinal que te fará mudar o teu caminho...
força e beijos

bom ano

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Free counter and web stats