Serenidade

Sensibilidade...

17 maio 2007

No firmamento...


(Foto de Serenidade)


Dia após dia após noite… uma valsa doce
segura debilmente minhas mãos,
as leva desordenadas no espaço,
ao som da melodiosa canção.


Danço, rodopio… o vento quente,
acaricia meu rosto polido,
de água pura, salgada, inundado,
de um fluir para a foz, um sorriso!

O vestido carmim de seda pura,
desliza na pele com sulcos gravados no tempo,
de alegria e fadado pela vida prodigiosa,
de sentires múltiplos vindos no vento.

O ânimo quer sair e bailar a elegante dança,
que me convidas a dançar no firmamento,
o meu quer ser o teu, sentir-se uno,
voar para lá do que é o momento.

Danço para ti, abraçada ao que poderia ser Tu,
bailo ao som da sonhadora melodia,
as lágrimas brotam de saudade incontida,
algo que nunca foi sentido nesta vida.

"Só há duas maneiras de viver a Vida.
Uma é como se nada fosse milagre.
Outra é como se tudo fosse um milagre."
Einstein

28 Comments:

At 17/5/07 12:45, Blogger Morrigan said...

Palavras lindas...muito sentidas. A saudade de uma dança...ou a dança de uma saudade? Um beijo. Lindo este teu espaço.

 
At 17/5/07 16:12, Blogger oceanus said...

Gostei muito de conhecer este espaço há uma harmonia entre as fotos e as palavras.

Mas...há um desafio no fundo do Oceanus á tua espera...

um abraço do fundo do Oceanus

 
At 17/5/07 20:27, Blogger Som Do Silêncio said...

O amor é a mais bela dança já alguma vez inventada.
Belo poema miguita.
Jokitas

 
At 17/5/07 20:53, Blogger Plum said...

Se estivermos com atenção percebemos que todos os dias acontece um milagre!!!
A foto tá fantástica!Abraços!*

 
At 17/5/07 21:18, Blogger Alê Namastê said...

Seu texto é lindo.

Ah! Viva o milagre!

 
At 17/5/07 22:14, Blogger Lia said...

è talvez a dança que não canso de dançar ao sabr do vento, quem sabe à espera de um "milagre"...

Um beijo com carinho

 
At 17/5/07 23:45, Blogger @zulebranco said...

A beleza das palavras reflecte como um espelho o teu sentir puro lindo....a dança o sentido abraço enlaçado sobre os braços que apetecem e abraçam, ter sido ou nao sentido nesta vida....? grande incógnita é como perguntar o que é a felicidade, tu linda Carla pertences ao grupo como o géno afirma que age como tudofosse milagre, como o espelho que nos reflecte o teu sentir nessas maravilhosas palavras que connosco partilhas....Obrigado um grande sorriso para ti

 
At 18/5/07 01:30, Blogger Lu@r said...

Gosto "Outra é como se tudo fosse um milagre"

No entanto a outra aplica-se mais...

"Uma é como se nada fosse milagre"

Beijo meu

 
At 18/5/07 04:05, Blogger S.M.R. said...

Olá serenidade, venho deixar um bj hoje...é tarde venho com calma ler com serenidade e ver fotos hihihi. agora fico-me com um bj:-)
Já estou bem...o exame não o fiz...tenho de o marcar novamente
um bj sony:-)

 
At 18/5/07 08:58, Blogger Branca said...

Então vamos viver como se tudo fosse um milagre, não?!
Assim, tudo nos deixará feliz...

Beijinhos e bom fim-de-semana :)

 
At 18/5/07 13:34, Blogger Vida said...

Eu gosto de pensar que eu mesma faço alguns milagres e vivê-los intensamente, porque cada novo dia é já por si um milagre. Lindo o teu texto.

Beijos e bom fim de semana.

 
At 18/5/07 14:24, Blogger Desassossego said...

E ainda outra acreditar que tudo que fazemos é o verdadeiro milagre...
Dançar, adoro dançar....
Beijo doce e bom fim de semana...

 
At 18/5/07 17:49, Blogger Isabel said...

A fotografia é maravilhosa o teu poema dos mais belos que já escrevestes...

Sente-se o teu sentir aqui.

"as lágrimas brotam de saudade incontida,
algo que nunca foi sentido nesta vida."
Um deslumbre sempre que se sente algo pela primeira vez não é minha
amiga?

Milagre é o que podem as palavras fazer.

Estas tuas fizeram.

Isabel

 
At 18/5/07 20:41, Blogger DE-PROPOSITO said...

'Danço para ti...'
.........
A vida é uma constante dança. Só que por vezes a sincronia dos movimentos altera-se. E a partir daí, a dança torna-se aleatória.
Fica bem.
Felicidades.
Manuel

 
At 18/5/07 21:17, Blogger Professorinha said...

E que milagre é o amor!

Sabes que adoro a tua banda sonora... Adoro, faz-me sentir alegre, bem disposta... já não ouvia há anos...

Beijos

 
At 18/5/07 23:34, Blogger o alquimista said...

Os teus pés são navegantes na espuma, o teu cabelo dança em descuidada ironia, suave viagem de ondulante onda em tua boca, duas sílabas sopradas em mágica melodia…

Bom fim de semana

Doce beijo

 
At 19/5/07 00:14, Blogger Professora said...

Amiga adorei as tuas palavras.

Um beijo

 
At 19/5/07 01:54, Blogger littledragonblue said...

Adorei, amei... que poderei eu dizer de palavras tão bem esculpidas?
Adorei de igual modo as palavras de Einstein. Hoje vejo que a vida é realmente assim.
Um beijinho

 
At 19/5/07 09:51, Blogger Isabel José António said...

Querida A,iga,

Mais adiante, mais além
Mais longe e mais alto
Se também vieres por bem
Anda, daremos este salto

Deixa-te inundar pela Vida
Una , fraterna e imperecível
Que a todos oferece guarida
Neste fio sempre transmissível

Cooperação é preciso efectuar
Amor, amizade, alegria ternura
Num gesto puro de querer dar
Partir ao encontro da ternura

Espalha, contamina, propaga
Esta rede não pode nunca acabar
A vida inteira nunca se apaga!
E a alegria te virá inundar

Já não tenho mais palavras para dizer quanto escreves tão bem, tão natural e sentido. Parabéns.

José António

 
At 19/5/07 16:46, Anonymous Mel de Carvalho said...

Minha querida amiga,
partilho do que aqui já foi dito. Este poema é dos mais bonitos que li teus. A citação faz todo o sentido. A vida é um milagre. O amor a flor desse milagre...


Um abraço imenso da Mel
Até logo, até já ...

 
At 20/5/07 10:19, Anonymous madrugada said...

Acabei de ler o poema,

e de certeza que continua a brilhar.

 
At 20/5/07 11:06, Blogger =^.^= Tarina =^.^= said...

És um mixto de magia... leio-te e sinto...
As palvras de Einstein...sábias... sim... temos de viver a todo o custo... basta acreditar!!! Continuo a achar que tudo é um milagre o qual temos de preservar!

=^.^=

 
At 20/5/07 15:43, Blogger Doces Momentos said...

adorei e o pensamento referente aos milagres deixou-me a pensar, fica com um beijo doce

 
At 20/5/07 16:40, Anonymous collybry said...

Que o brilho des lindo poema Te acompanhe sempre, querida...meu doce beijo

 
At 20/5/07 17:14, Blogger impulsos said...

E nesta serena dança
Que te embala no vento
E te traz a esperança
Num milagre sem tempo

Serenamente te entrego um beijo num impulso meu

 
At 20/5/07 20:16, Blogger Pepe Luigi said...

O Amor é o sentido mais definido na Vida!
Parabéns por est poesia.

Um Bom Fim de Semana
Bjs

 
At 20/5/07 20:46, Blogger mago dos sonhos said...

Saudações!

Passei para te desejar, a continuação de um agradável Domingo. Perfeitas valsa de palavras. "Nas montanhas gélidas do Norte, da profundeza dos mantos brancos de neve, vibrações ecoam do abismo, majestosa força no meu corpo estremece, que meu batimento descompassa e minha carne entorpece"...

Sonhos Mágicos

 
At 20/5/07 21:21, Anonymous Anónimo said...

Querida Serenidade
Não tive até agora oportunidade de lhe agradecer a sua visita ao meu pequenino espaço recém criado,pois ainda não consegui adquirir equilibrio emocional e a serenidade suficiente para estruturar a minha vida.
Obrigada pelas suas palavras.
beijinhos
vidamarga

 

Enviar um comentário

<< Home

Free counter and web stats