Serenidade

Sensibilidade...

11 julho 2006

Problemas!


Problemas!
Sejam eles quais forem: saúde, relacionais, profissionais, têm a maior parte das vezes, se não, sempre, origem psicológica, pensamentos enraizados, vivências reprimidas…
Mas o Homem opta por nem sequer tentar encontrar o motivo que o leva a ter determinado problema!
Prefere acomodar-se. Prefere redimir-se às evidências.
Opta por tentar resolvê-lo no exterior, por colocar em ordem o que vê, o palpável.
Mas, quase sempre, ou mesmo sempre, a resolução está no seu íntimo.
Para que o problema seja resolvido tem se que começar pela sua origem e não pelo problema em si, caso contrário ele permanece adormecido e certamente acordará e cada vez mais enfurecido!
Depois de se descobrir a presumível causa interna, é fundamental resolvê-la a fundo e mudar o comportamento para que o problema se dissolva.
É difícil, por vezes, principalmente porque vai mexer em situações adormecidas, esquecidas propositadamente porque magoam ainda e magoaram muito; mas vale a pena…
Só assim poder-se-á ter a Vida que queremos…
Afinal de contas somos donos e senhores do nosso destino!

10 Comments:

At 12/7/06 01:45, Blogger MiguelGomes said...

Que todas as palavras sejam sábias a nós mesmos, para que nunca as esqueçamos...

Fica bem :)

 
At 12/7/06 11:00, Blogger o alquimista said...

Passei e...gostei de cá estar, volto se não te importares

"O ALQUIMISTA"

 
At 12/7/06 11:52, Blogger serenidade said...

Volta sempre, alquimista, sê bem-vindo.
Obrigada.

 
At 12/7/06 12:27, Blogger Vida said...

Vim em busca de alguma serenidade, gostei do texto, nós somos os sábios de nós mesmos temos só de aprender a escutar o nosso coração.

Beijinhos com carinho.

 
At 12/7/06 15:51, Blogger o alquimista said...

Gostei de te ter no meu espaço...voltarei ao teu porque me fascina...

 
At 12/7/06 19:54, Blogger boleia said...

ora nem mais!!

 
At 13/7/06 09:14, Blogger LuzHarmonia said...

É uma grande verdade.
Somos nós que criamos os nossos bloqueios, bloqueios esses que geram um sintoma e sintoma esse que gera a doença.
Para que nos possamos curar, há que percorrer o sentido inverso para que cheguemos à causa.
É sempre bom recordar isso ao ser humano.
Beijos de Luz

 
At 13/7/06 16:06, Blogger Vampiria said...

Há coisas que não podemos mudar, mas em parte sim, somos donos das nossas escolhas e atitudes, do nosso destino.. hmmm já duvido um pouco mais...

 
At 13/7/06 16:14, Blogger IsaMar said...

Sem dúvida..que o prblema das coisas tem de ser resolvido na origem.
Resolvê-los...tem de ser um acto consciente de que algo está mal e reconhecer. Só assim iremos ultrapassar, resolver.

beijinhos fica bem

 
At 14/7/06 00:27, Blogger Ghandy said...

Toda a gente tem problemas, uns mais graves do que outros, e a forma de resolve-los varia de pessoa para pessoa. Podes resolve-los no teu interior e estás a remoer sobre o assunto ou podes resolve-los exteriormente com a ajuda daqueles que te estão mais próximos...
Problemas, mais vale nem pensar neles sequer...

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home

Free counter and web stats